Inquérito Anual às Empresas arranca hoje com previsão para recensear cerca de cinco mil empresas

 

Cidade da Praia, 14 Ago (Inforpress) – O Inquérito Anual às Empresas referente ao ano de 2016, que decorre até o dia 14 de Setembro, arranca hoje em todo o país e prevê-se recensear perto de 5000 empresas, anunciou o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Ao todo são 124 agentes de terreno que vão estar espalhados pelas ilhas de Santiago, Fogo, São Vicente e Sal, de 14 de Agosto a 14 de Setembro, nessa operação estatística que antecede o Censo Empresarial, a ser realizado no próximo ano.

“O principal objectivo é de transmitir aos inquiridores dessa operação principais conceitos e quais são as variáveis fundamentais”, informou o vice-presidente do INE, Celso Soares.

Conforme explicou, o recenseamento anual às empresas vai fornecer diversas variáveis, nomeadamente o número de pessoal ao serviço das empresas, a quota das empresas, o ramo da actividades em que estão inseridas e outro manancial de informação considerado fundamental para a produção das contas nacionais.

O INE, segundo Celso Soares, iniciou há já algum tempo uma operação de sensibilização dos dirigentes empresariais no sentido de ter a maior colaboração dos mesmos e poder ter resultados que mais coadunam com a realidade do país.

“Já contactamos todas empresas que vão ser inquiridas. Nós, pessoalmente, os membros do conselho de administração, vamos iniciar essa operação contactando, sobretudo, as grandes empresas, dirigindo-se directamente aos conselhos de administração dessas empresas”, disse, pedindo o engajamento de todos.

Segundo realçou, trata-se de uma operação “muito importante” para o INE, para Cabo Verde e, sobretudo, para as empresas já que vai permitir fornecer as informações de forma a que as mesmas possam ter a noção da sua posição relativamente à sua concorrência e melhor traçar e decidir as políticas.

O IAE é uma operação estatística que consiste na recolha, tratamento, análise e difusão de dados sobre as empresas e estabelecimentos, sendo registadas ou não, que exercem actividade económica no território cabo-verdiano.

MJB/AV/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos