Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Inovações introduzidas na cultura do inhame fazem do Tarrafal de Monte Trigo um dos principais produtores em Cabo Verde 

 

Porto Novo, 09 Set (Inforpress) – As inovações que o Ministério da Agricultura está a introduzir na produção do inhame no Tarrafal de Monte Trigo, no Porto Novo, têm impulsionado essa cultura nessa localidade, que se assume como um dos principias produtores do país.

Os produtores  no Tarrafal de Monte Trigo beneficiam, actualmente, de projectos que inovaram a cultura do inhame nessa localidade, já considerada o maior produtor do inhame em Santo Antão e um dos principais em Cabo Verde, com uma produção anual à volta de 700 toneladas.

A cultura do inhame no Tarrafal de Monte Trigo conheceu, efectivamente, um forte incremento nos últimos anos, com a implementação de projectos inovadores, que permitiram, de entre outros resultados, a rentabilização da água para rega, o surgimento de novas parcelas e o aumento do número de produtores.

Nesta altura, cerca de 130 agricultores, muitos dos quais jovens, dedicam-se à produção do inhame no Tarrafal Monte Trigo.

Os produtores, além do apoio na instalação de novas parcelas, estão também a ser apoiados com sementes e tubagem no quadro desses projectos que têm impulsionado a cultura do inhame, nessa zona.

Com a dinamização da cultura do inhame no Tarrafal de Monte Trigo, zona ainda sem a praga dos mil-pés, a preocupação agora dos produtores e do Ministério da Agricultura prende-se com o mercado, actualmente condicionado sobretudo pelos problemas de transportes marítimos inter-ilhas.

O edil do Porto Novo enaltece a experiência que está a ser implementada em Tarrafal de Monte Trigo em matéria de produção do inhame que, a seu ver, deve ser valorizada e aplicada em outros vales agrícolas de Santo Antão.

Segundo Anibal Fonseca, está-se perante “uma experiência impar” que deve ser divulgada e aproveitada com o objectivo de relançar a cultura do inhame em outras localidades da ilha de Santo Antão.

Para o presidente da Câmara Municipal do Porto Novo, além do inhame, Tarrafal de Monte Trigo é, também, um excelente produtor da mandioca, cultura que deve, igualmente, merecer a atenção do MAA, considerou.

Os produtos agrícolas do Tarrafal de Monte Trigo, um dos poucos vales agrícolas no Porto Novo, ainda sem a praga dos mil-pés, poderão passar a ser exportados para as outras ilhas de Cabo Verde sem restrições, conforme já admitiu o Governo.

Porto Novo, que se assume cada vez mais como um grande produtor de horticultura,  tem o maior produtor de batata comum de Santo Antão, o vale de Martiene, também sem mil-pés.

Chã de Norte e Chã de Banquinho, zonas, também, com excelente produção de horticultura, são os outros vales ainda livres dessa praga.

JM/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos