INE e Ministério da Saúde realizam inquérito de recolha de dados para as Contas de Saúde

Cidade da Praia, 14 Out (Inforpress) – O Instituto Nacional de Estatística (INE) e o Ministério da Saúde e da Segurança Social realizam, a partir desta segunda-feira, o inquérito para a recolha de dados para a elaboração das Contas de Saúde de 2015 e 2016.

Este exercício permitirá a determinação das despesas totais de saúde de Cabo Verde, a produção de estatísticas e a análise dos fluxos financeiros entre os diferentes intervenientes de financiamento da saúde em Cabo Verde.

Segundo a coordenadora dessa operação, Aryana Gomes, trata-se de uma operação direccionada às empresas, estruturas de saúde, seguradoras – Impar e Garantir-, ao Instituto Nacional de Previdência Social (INPS), às câmaras municipais, as mutualidades e outras instituições que estão directa ou indirectamente ligadas ao sector da saúde em Cabo Verde.

“O objectivo desse inquérito é saber qual as despesas das empresas e as ONG para com a saúde, de onde é que veio o dinheiro gasto com a saúde, quem é que geriu esse dinheiro e quem beneficiou”, explicou adiantando que o que se pretende também é conhecer a contribuição das instituições nos esforços consentidos para melhorar a saúde no arquipélago.

Para recolha de dados foi definida uma amostra composta por 49 organizações não governamentais e 118 empresas.

Os resultados das Contas de Saúde irão servir para a tomada de decisões para uma melhor gestão do sistema de saúde em Cabo Verde.

As estatísticas produzidas serão utilizadas para avaliar a eficiência e a equidade na repartição dos recursos, a sustentabilidade do sistema de financiamento da saúde em vigor, a exatidão da planificação, a aplicação de políticas sanitárias e o impacto das reformas empreendidas no sector da saúde.

MJB/CP

Inforpress/fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos