Indira Pires considera imediatismo dos meios de comunicação digital como fonte de oportunidades e de desafios da era de hoje

 

Cidade da Praia, 06 Mai (Inforpress) – A directora executiva do Instituto Pires Pedro (IPP), Indira Pires, considerou hoje o imediatismo dos meios de comunicação digital como fonte de oportunidades e de desafios para a Comunicação Social do século XXI.

Indira Pires falava no acto da abertura do IV Diálogo Estratégico do Instituto Pedro Pires para a Liderança (IPP), que este ano debate o tema “Democracia e Imprensa Livre”.

Segundo a directora executiva do IPP, há que se levar em conta a necessidade de se criar “capacidades ou mecanismos” para um melhor aproveitamento do “excesso de informação”.

Referindo-se ao tema “Imprensa”, sobre o qual dissertava, sublinhou que se pretende dar “um grande contributo para desinibir a comunicação social em Cabo Verde”, ajudando a “despistar eventuais interferências”, sobretudo, “as que poderão existir em relação ao pluralismo da informação, ao confronto de diferentes correntes de opinião e ao livre exercício da liberdade de imprensa”.

“Com isso, o IPP pretende criar um espaço descomplexado e desapaixonado de troca de opiniões sobre desafios e as oportunidades que a promoção de uma ligação virtuosa entre os dois vectores poderá significar para a sedimentação da democracia, o desenvolvimento dos países e para o fortalecimento do exercício da cidadania”, disse.

Do debate do tema, afirma, espera-se a abordagem de experiências adoptadas em outras “paragens e realidades” que possam servir de exemplos e de inspiração para o caso cabo-verdiano.

Em 2014, 2015 e 2016, o Instituto Pedro Pires para a Liderança promoveu debates sobre “Integração regional em África”, “Inovação na gestão do desenvolvimento” e “Que capital humano, para que desenvolvimento?” respectivamente.

Em 2017, o IV Diálogo Estratégico incidiu o seu debate sobre o tema “Democracia e Imprensa Livre”, onde foram apresentados painéis sobre a “Liberdade de imprensa, regulação e responsabilização na era do digital e da globalização” e “Os media perante os poderes político e económico: entre a isenção e o aspecto da manipulação”.

PC/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos