Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Ilha do Sal: Transformada numa infra-estrutura de recreio Rua Pedonal passará a funcionar mediante regulamento

Espargos, 01 Mar (Inforpress) – A Câmara Municipal do Sal já estabeleceu um regulamento da Rua 1 Junho, que convenciona chamar Zona Pedonal, em Santa Maria, ilha do Sal, devendo entrar em funcionamento após a conclusão das obras de requalificação.

Num investimento que ronda os 68 mil contos, as obras de requalificação da zona pedonal estavam previstas para ser concluídas no último trimestre de 2018, porém a área anda ainda em obras.

O projecto contempla também a requalificação do Pontão, do Calçadão, da frente mar, centro da cidade, bem como os bairros de São Paulo e António Sousa.

O regulamento que impõe a disciplina que se pretende na Rua 1 de Junho, a ser transformada numa infra-estrutura de recreio, deverá permitir licenças a actividades comerciais, a nível de restauração, bares, cafés, cafetarias, casas de chá e cybers cafés, pubs, gelatarias, bem como padarias/pastelarias.

Salões de jogos, clubes de vídeo e casas de fotografia, estabelecimentos de vendas de produtos turísticos (artesanato, portais, discos, outros materiais audiovisuais, souvenirs de produtos nacionais), boutiques/lojas de venda de roupa, calçado e acessórios, posto/loja de venda de tabaco, guloseimas, revistas e jornais, cinemas, teatro e outras casas de espectáculos, são também valências autorizadas para a dinamização do espaço.

Até lá, segundo o documento, todas as licenças de actividades comerciais existentes manter-se-ão e cessarão, porém, no dia 31 de Dezembro de 2019.

A norma que compõe um vasto número de artigos e respectivas alíneas, interdita, por outro lado, a circulação de bicicletas, patins, skates, trotinetes e outros similares na Rua 01 de Junho.

A ocupação de passeios da via pública com esplanadas só é autorizada a cafés, pastelarias, restaurantes e estabelecimentos similares, na parte frontal dos mesmos, sendo que a colocação de mesas e cadeiras deve fazer-se a partir do plano marginal dos edifícios, não podendo a ocupação com esplanada exceder metade da largura total do passeio a partir do limite do lote.

Entretanto, a ocupação da via pública com mesas e cadeiras, pertencentes a esplanadas de apoio aos estabelecimentos de restauração e de bebidas, deverá ser feita até às 02:00, durante a semana e até às 04:00 horas aos fins-de-semana.

Uma mudança que mereceu aplausos dos salenses, e dos eleitos municipais tanto da bancada do PAICV (oposição), como da do MpD (situação), uma vez que estas regras de acesso ao local vão introduzir “disciplina e tranquilidade” à rua mais movimentada por turistas, especialmente.

SC/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos