Ilha do Sal: SalEncena celebra décimo aniversário com “grande” festival de teatro

Espargos, 13 Jun. (Inforpress) – O Festival Nacional de Teatro, em Cabo Verde, denominado SalEncena, celebra o décimo aniversário com a apresentação de “grandes peças teatrais”, a decorrer de 16 a 19, desdobrando-se em três palcos, nos Espargos e em Santa Maria.

A conviver-se ainda com a pandemia da covid-19, o elenco de 35 actores compõe sete grupos presentes nesta IX edição do Festival do Sal EnCena, nomeadamente vindos de São Vicente, São Nicolau, Boa Vista, Cidade da Praia, prometendo muitas gargalhadas durante os dias de espectáculo.

Associa-se ao desfile das peças teatrais outros dois grupos oriundos de Portugal, concretamente de Sintra e do Porto, na festa do teatro que ocorrerá no centro Cultural de Santa Maria, movimentando a cidade turística nos próximos dias, isto é, de 16 a 19, podendo-se assistir também a dois monólogos.

A festa do teatro desdobra-se ainda noutros palcos, nomeadamente, na Kaza d’Art, no Anfiteatro José Cabral, além do Centro Cultural de Santa Maria.

O evento,  que conta com a parceria da Câmara Municipal do Sal, do Ministério da Cultura e das indústrias Criativas, e da Empresa da Segurança Aérea (ASA), tem também previsto oficinas de teatro, entre momentos de contar histórias, denominado Dja d´Sal Histórias, nas escolas e jardins infantis da Palmeira, Espargos e Santa Maria.

“Está tudo a postos, os artistas já começaram a chegar… com um cartaz a prometer um bom festival, com oficinas de teatro no lar de idosos, e nos liceus de Espargos e Santa Maria”, conta Victor Silva, destacando a presença do ministro da Cultura e Indústria Criativas, Abraão Vicente, que vai fazer a abertura oficial da festa do teatro 2022.

Dja d´Sal, o grupo anfitrião, vai apresentar uma peça teatral baseada nos poemas de Jorge Barbosa, em homenagem ao poeta e escritor, que viveu a maior parte da sua vida no arquipélago de Cabo Verde, tendo, entretanto, residido vários anos na ilha do Sal, fazendo parte dos quadros dos serviços aduaneiros, circunstância que se reflectiu na sua poesia com o desespero de “querer partir e ter de ficar”.

“Faltar ao festival do Sal EnCena é simplesmente perder”, disse Victor Silva, incitando as pessoas, os amantes das artes cénicas a marcarem presença no festival de teatro 2022.

Depois de Mindelact, Sal EnCena é o segundo festival nacional de teatro, em Cabo Verde.

SC/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos