Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Ilha do Sal: Prisão preventiva para mulher acusada de homicídio agravado na sua forma tentada

Espargos, 30 Jul (Inforpress) – O Tribunal da Comarca do Sal aplicou prisão preventiva a uma mulher de 29 anos, detida na quinta-feira, fora de flagrante delito, na localidade de Palmeira, por suspeita da prática de crimes, nomeadamente de homicídio agravado, na sua forma tentada.

Em nota de imprensa, divulgada segunda-feira, a PJ refere que a mulher foi detida “pela prática de um crime de homicídio agravado, na sua forma tentada, em concurso real com um crime de armas e um crime de tráfico de drogas de alto risco”.

A detida, em circunstâncias ainda não totalmente esclarecidas, diz a PJ, terá desentendido com um indivíduo de 26 anos e, na sequência, realizado cerca de cinco disparos que atingiram as diferentes regiões do corpo da vítima.

Dada a gravidade dos ferimentos, a vítima foi socorrida para o Banco de Urgência do Hospital Regional do Sal e, a partir deste, evacuada para o Hospital Dr. Agostinho Neto, na Praia, onde se encontra internada.

A polícia científica informa ainda que na sequência da busca domiciliária, foram encontrados e apreendidos 145 gramas de anfetamina, conhecida por MDMA ou Ecstasy, na residência da detida.

A detida foi presente na sexta-feira às autoridades judiciárias competentes, para efeito do primeiro interrogatório judicial de arguido detido e aplicação de medidas de coação pessoal, tendo lhe sido aplicada a prisão preventiva.

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos