Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Ilha do Sal: Primeiro pastor da Igreja do Nazareno em Santa Maria volta à ilha 30 anos depois (c/áudio)

Espargos, 17 Ago (Inforpress) – O primeiro pastor da Igreja do Nazareno, residente, em Santa Maria, no Sal, Izaías Lopes, volta à ilha 30 anos depois, tendo ficado maravilhado com o desenvolvimento e crescimento da ilha e da comunidade cristã local.

Foi no dia 14 de Agosto de 1978 que o pastor Izaías Lopes veio ao Sal pela primeira vez, tendo ministrado durante cinco anos, até 1983, na igreja de Santa Maria, também nos Espargos.

O evangélico contou que pisar de novo o chão da ilha do Sal, hoje a ilha mais turística de Cabo Verde, transportou-lhe para o tempo que cá esteve, com muita emoção e alegria.

“Foi o meu primeiro campo do meu ministério. Estive aqui durante cinco anos. Muitas pessoas que conheci na altura já não estão, outras morreram… há uma nova geração, mas senti como que se estivesse em casa”, manifestou, narrando, encantado, que o Sal de agora não tem nada a ver com o Sal de outrora, com uma população, na altura, de seis mil pessoas, e Santa Maria mil habitantes.

“Se me deixarem sozinho num sítio em Santa Maria, sou capaz de me perder”, comentou para ilustrar o nível de crescimento e desenvolvimento em que encontrou Santa Maria, de vila a cidade turística.

Desta vez, 30 anos depois, o pastor Izaías Lopes veio ao Sal no dia 08 de Agosto, a convite do seu homólogo Luís Monteiro, pastor da Igreja do Nazareno dos Espargos, onde durante uma semana, 9 a 14, proporcionou e relembrou os crentes da comunidade nazarena, das igrejas de Espargos, Palmeira e Santa Maria, momentos de cânticos antigos, “Hinos que não se cantam mais”.

Só para se ter uma ideia, dos 478 hinos que compõem o hinário das igrejas evangélicas, Izaías Lopes conhece 400 deles, cantando e tocando tanto ao piano, órgão ou acordeão.

Recordando a sua passagem pela ilha do Sal, Izaías Lopes conta que exercer a vida pastoral em Santa Maria, no Sal, em geral, foi uma “experiência agradável”.

“Comecei quase do nada, mas Deus foi abençoando o trabalho, e quando fui daqui a igreja já contava com uma boa assistência, havia muitos jovens na igreja, tanto é que chegamos de formar um grupo coral com 40 pessoas”, lembrou, apontando que o que mais lhe alegra é ver os frutos do seu ministério, sendo o pastor Luís Monteiro, que neste momento conduz a igreja nos Espargos, um deles.

Izaías Lopes, converteu-se aos 17 anos e hoje a contar 66, assegurou que viver com Cristo é a melhor coisa que há, quando se vive pela fé, com sinceridade”.

“Louvar a Deus é uma das coisas mais maravilhosas. Tem sido uma experiência agradável. Deus é digno de todo o louvor e adoração. A gente aprende muito louvando a Deus e pregando o Evangelho. Deus é maravilhoso sobre todas as coisas”, enfatizou.

Entretanto, enquanto pastor, veio a suspender o ministério, em 2002, e foi leccionar para a Escola Técnica, no Mindelo, como professor de Formação Pessoal e Social (FPS), actualmente Educação para a Cidadania, onde esteve por 15 anos, sendo agora reformado, não pela Igreja Nazarena, mas pelo Ministério da Educação.

Izaías Lopes, que regressou às origens, São Vicente, este domingo, disse que vai com “muitas saudades” do Sal e sua gente, particularmente os irmãos na fé, prometendo voltar mais cedo e mais vezes.

E, a mensagem que deixa é que as pessoas procurem Jesus.

“Esta pandemia veio mostrar que precisamos mais de Jesus. Veio mexer com tudo, até com a igreja. Mas Jesus continua sendo o mesmo. Aqueles que já entregaram a sua vida a Jesus que sejam fiéis, porque há recompensa…com o tempo. E os que ainda não o fizeram que experimentem porque não há melhor vida do que viver com Jesus”, frisou.

Além do Sal, Izaías Lopes deu a sua contribuição como pastor, em várias outras igrejas, nomeadamente Boa Vista, Santo Antão (Porto Novo e Ribeira Grande), Assomada e São Vicente.

SC/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos