Sal: PM toma pulso das empresas e promete todo o empenho para melhorar o ambiente de negócio

 

Espargos, 18 Abr. (Inforpress) – O primeiro-ministro (PM) está na ilha do Sal para tomar pulso das empresas locais, tendo prometido nesta visita de 24 horas aos empreendimentos turísticos na ilha, todo o empenho para melhorar o ambiente de negócio.

Esta visita de Ulisses Correia e Silva ao Sal, depois da Praia, com a mesma finalidade e extensiva também a São Vicente, insere-se no âmbito da I Semana do Sector Privado.

A actividade, uma parceria com as câmaras do Comércio e do Turismo, termina com a realização da IV Reunião do Conselho Nacional de Desenvolvimento Empresarial (CNDE), marcada para a próxima segunda-feira na capital do país.

Depois de no primeiro período do dia, ter efectuado visita a alguns hotéis na cidade de Santa Maria, empreendimentos turísticos como Vila Verde Resort, Turim, na Murdeira, inteirando-se da realidade local, dos ganhos, constrangimentos e dificuldades, Ulisses Correia e Silva disse ter notado uma esperança e uma vontade dos operadores, relativamente à melhoria dos seus negócios, decisões de expansão e de investimentos.

Nesta medida, o chefe do executivo cabo-verdiano manifestou-se “fortemente” empenhado em resolver problemas e constrangimentos existentes, para que em “tempo útil” se possa tomar as melhores decisões de modo a melhorar o ambiente de negócio, no país, e no Sal, nesse caso concreto.

“É para isso que os governos existem. Nalgumas situações verificamos que, efectivamente, falta essa governação de maior proximidade, nomeadamente às ilhas. Governar não é ficar apenas no Palácio da Várzea. Daí estarmos a iniciar um conjunto de processos de visitas às diferentes ilhas com uma agenda muito precisa, de resolver problemas e criar estímulos positivos para que a economia das ilhas se possa desenvolver”, manifestou.

Ciente dos constrangimentos, sobejamente conhecidos, que “infelizmente”, conforme disse, não se resolvem de um dia para o outro, mormente no Sal que tem o turismo como foco de seu crescimento e desenvolvimento, Ulisses Correia e Silva aponta melhorias a fazer no quadro da qualidade urbana da cidade de Santa Maria, que tem que ver com o saneamento, questões ligadas à iluminação pública, energia, segurança…

Face a esses embaraços, reiterou empenho do Governo em fazer com que estes investimentos sejam feitos num prazo “relativamente curto”.

“Foi por causa disso que tomamos a iniciativa de afectar 50 por cento do Fundo do Turismo para ser canalizado, directamente, em projectos de requalificação urbana, beneficiando e criando condições para potencializarmos mais aquilo que já tem potencial, para que não perca o ritmo, possa criar melhores condições de manter os investimentos existentes e criar novos investimentos”, concluiu.

Ulisses Correia e Silva reserva o período da tarde para visitar a Socol, SGL e Freitas Catering.

SC/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos