Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Ilha do Sal: Primeiro-ministro “animado” com ritmo de vacinação na ilha turística (c/áudio)

Espargos, 21 Jun (Inforpress) – O primeiro-ministro manifestou-se hoje “animado” com o ritmo de vacinação na ilha do Sal, perspectivando atingir a meta de 100 por cento (%) da população elegível vacinada, antes mesmo do fim do mês de Julho.

Ulisses Correia e Silva chegou domingo, 20, ao Sal para se encontrar com o presidente de Angola, João Lourenço, e aproveitou esta deslocação para se inteirar da situação sanitária, tendo visitado na manhã de hoje os postos de vacinação em Espargos, Palmeira e Santa Maria.   

“A expectativa é conseguirmos antes do final de Julho atingir a meta de 70% da população elegível, quer dizer a população com mais de 18 anos. Estamos num bom ritmo, porque aquilo que constato é que em poucos dias já há mais de nove mil pessoas vacinadas”, sublinhou, destacando a disponibilidade das pessoas em se deixar vacinar, o que, conforme disse, “é um sinal muito positivo”.

Para o chefe do Governo, concluindo esse processo, estar-se-ia a dar “um passo significativo” no Sal, com a protecção das pessoas, por um lado, e, por outro, a criação de condições de retoma do turismo com segurança.

“Iremos, seguramente, colocar o Sal como uma ilha livre de transmissões de covid-19, pelo menos em termos de protecção com a vacinação. Depois é preciso continuar o processo de protecção individual, mesmo depois da vacinação”, concretizou.

Face à questão da migração interna, isto é, de pessoas que poderão regressar às ilhas do Sal e da Boa Vista com a retoma do turismo, neste particular, Ulisses Correia e Silva assegurou que a situação “está controlada”.

“O processo está sendo controlado. As pessoas que não estão a residir hoje no Sal, mas que trabalharam no Sal e que poderão regressar com a retoma, já estão identificadas para serem vacinadas de preferência nos locais onde estão a residir, mas chegando ao Sal, também estaremos a continuar com o processo, já que não vai terminar de imediato”, explicou.

Segundo Ulisses Correia e Silva, o Governo está a trabalhar para “ganhar o turismo” no Inverno, isto é, em Setembro/Outubro, fazendo fé nas “tendências positivas” a nível dos países emissores do turismo para Cabo Verde.

“Não depende só de nós, é preciso que a pandemia esteja controlada também na Europa, e com isso estaremos em condições de dar um impulso muito grande. É nossa aposta, que tem os seus riscos, mas tudo está a apontar que o Inverno seja um período de boa retoma do turismo”, reforçou.

Ulisses Correia e Silva manterá na tarde de hoje, num dos hotéis da cidade de Santa Maria, um encontro de trabalho com o presidente de Angola, João Lourenço, que faz escala na ilha acompanhado de uma delegação angolana.

No âmbito desta deslocação à ilha do Sal, Ulisses Correia e Silva reserva também um encontro com os empresários locais, que decorrerá no Hotel Salinas, na terça-feira, 22, as 17:00.

SC/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos