Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Ilha do Sal: Preocupação maior do Comando da 2ª Região Militar é o bem-estar dos seus efectivos – comandante

Espargos, 22 Fev (Inforpress) – O comandante da 2ª Região Militar, no Sal, João Alípio Monteiro, asseverou hoje que o bem-estar dos seus efectivos é a preocupação maior deste comando, bem como se adequar à nova realidade circunstancial, face à pandemia da covid-19.

O major João Alípio Monteiro fez essas declarações na presença do actual ministro da Defesa Nacional, Rui Figueiredo, que se encontra na ilha, pela primeira vez nesta qualidade, para uma visita de trabalho a esta região, para tomar pulso da realidade deste comando militar.

Na sua intervenção de boas vindas, o major João Alípio Monteiro disse que a visita do titular da pasta da Defesa Nacional “testemunha a importância” atribuída às Forças Armadas de Cabo Verde, constituindo um “momento privilegiado” para reforçar, e elevar a autoestima desta instituição castrense.

“Que muito tem feito para o desenvolvimento de Cabo Verde. De igual modo, constitui uma excelente oportunidade para conhecer a realidade deste comando militar e confrontar-se com as nossas necessidades”, sublinhou, referindo os desafios que, conforme disse, só poderão ser superados com “empenho e dedicação” individual e colectivo, tendo em conta o número de efectivos desta região militar.

Dirigindo-se ao novo titular da pasta da Defesa Nacional, João Alípio Monteiro assegurou que o Comando da 2ª Região Militar “tem sido incansável” na colaboração com outras entidades para a mitigação dos efeitos da covid-19.

“No apoio à população salense e às entidades nacionais, tais como a Câmara Municipal do Sal, Serviços de Protecção Civil e Bombeiros, a Polícia Nacional, a Inspecção Geral das actividades Económicas, Delegacia de Saúde e Hospital Regional, entre outras, intervindo, dando a sua colaboração no combate ao novo coronavírus, apoiando na sustentabilidade social”, especificou.

João Alípio Monteiro concluiu, manifestando que as FA no Sal estarão “sempre de portas abertas”, para receber o novo ministro da Defesa Nacional.

“Aqui somos uma família e queremos que se sinta parte dela”, finalizou.

SC/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos