Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Ilha do Sal: Passageiros retidos há cinco dias devido à bruma seca conseguem viajar hoje

 

Espargos, 26 Dez. (Inforpress) – Mais de 80 passageiros vindos de Amesterdão, Holanda, retidos no Sal desde sexta-feira, devido à bruma seca em Cabo Verde, conseguiram viajar hoje depois de cinco dias em compasso de espera.

Desde sexta-feira que não há ligações aéreas regulares, domésticas entre as ilhas, devido à visibilidade que, perceptivelmente, continua má ainda esta terça-feira.

Os passageiros da TUI, entre turistas e nacionais provenientes de Amesterdão com destino à ilha do Monte Cara, para passarem o Reveillon, conseguiram viajar esta tarde. Também os cerca de 400 passageiros da TAP, em Lisboa, com o mesmo destino, deverão viajar nas próximas horas, soube a Inforpress.

Em declarações à Inforpress, alguns passageiros desabafam que jamais virão para Cabo Verde nessa altura do ano, enquanto outros, resignados com a situação entendem que “contra a força não há resistência”.

“O problema é da atmosfera… não há nada a fazer. É esperar, porque nada acontece por acaso”, exterioriza Madalena do Rosário que há mais de 15 anos, conforme disse, não vinha passar o fim do ano na sua terra natal.

Segundo Eufémia Brito, directora da área de Meteorologia, a previsão é de céu essencialmente nublado por nuvens altas, visibilidade moderada entre 7 a 4 quilómetros devido a bruma seca espessa, podendo localmente apresentar-se, temporariamente má, passando a moderada, com tendência a melhoria gradual, isto é, a partir dos próximos dias poder-se-á registar melhor visibilidade atmosférica.

Quanto ao vento, disse, continua temporariamente muito fresco com rajadas.

SC/JMV

Inforpress/Fim

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos