Ilha do Sal: Nações Unidas levam a Agenda 2030 no cumprimento do ODS aos I Jogos Africanos de Praia 

Espargos, Sal, 13 Jun (Inforpress) – As Nações Unidas promovem hoje à tarde uma sessão de diálogo com os atletas da delegação cabo-verdiana na vila dos atletas, no Sal, sobre a contribuição do desporto na implementação da Agenda 2030 e no cumprimento dos ODS.

Aberta a todos os interessados, o evento enquadra-se nos I Jogos Africanos de Praia Sal2019, no âmbito de uma parceria estabelecida entre as Nações Unidas em Cabo Verde e o Comité Olímpico Cabo-verdiano, no sentido de associar os Objectivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) às várias modalidades desportivas envolvendo centenas de pessoas.

“Os Estados membros reconhecem que o desporto é um importante facilitador do desenvolvimento sustentável pela sua contribuição ao desenvolvimento, na construção da paz e na promoção da tolerância e respeito, bem como para o empoderamento das meninas e mulheres e jovens, indivíduos e comunidade, para a saúde, a educação e inclusão social” realça as Nações Unidas em comunicado de imprensa.

As Nações Unidas, explica o mesmo documento, reconheceram, defendem e apoiam as importantes contribuições do desporto para o desenvolvimento e a paz, com um registo significativo das resoluções da Assembleia Geral e do Conselho de Direitos Humanos, tratados da ONU, relatórios do secretário-geral e outros documentos orientadores que destacam o potencial único do desporto.

Para as NU, os processos e marcos que levaram à adoção histórica da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável e seus 17 Objectivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) em 2015 foram seguidos pela comunidade desportiva para o Desenvolvimento e Paz, com forte interesse e compromisso de continuar usando o desporto como uma ferramenta incontestável para apoiar este novo plano global de acção.

“Com a aspiração de não deixar ninguém para trás e maximizar a contribuição do desporto para um mundo melhor e pacífico, o desporto continuará avançando o desenvolvimento como um poderoso facilitador dos ODS, como fez para os ODMs anteriores”, enfatiza o documento em apreço.

SR/FP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos