Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Ilha do Sal: Ministério Educação tem planos para reabilitação e funcionamento da Escola de Pedra de Lume – delegada

Espargos, 24 Set (Inforpress) – A delegada do Ministério da Educação, no Sal, afirmou hoje que a tutela tem planos para a reabilitação e funcionamento da Escola de Pedra de Lume, inactiva há cinco anos, porém “tudo acontece a seu tempo”.

Márcia Graça Pinto fez essas declarações hoje durante uma conferência de imprensa para reagir aos comentários do líder do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV – oposição), no Sal, Démis Almeida, sobre a abertura do ano lectivo na ilha.

Márcia Pinto explicou que a reabilitação da escola de Pedra de Lume está dentro do plano do Ministério da Educação, a nível da rede escolar da ilha do Sal, obedecendo, entretanto, as áreas tidas como prioritárias.

“O grande problema da Escola de Pedra de Lume é a falta de rácio dos alunos por turma. Então há que estabelecer prioridades”, explicou, certificando que o estabelecimento de ensino que ostenta o nome “Ildo Lobo”, continua a fazer parte do parque educativo da ilha do Sal.

“A escola continua a fazer parte do parque educativo da ilha do Sal. Apelamos para a reactivação da escola, mas isso passa muito pelo desenvolvimento da localidade. Contamos com esse edifício, mas temos que ter também em conta os desafios a nível estrutural e económico para fazer face aos problemas da ilha do Sal”, ponderou.

Pessimismos à parte, a responsável da educação local acredita que, futuramente, vai-se trabalhar para accionar e dinamizar a Escola de Pedra de Lume, a Escola Ildo Lobo, a qual está intimamente ligada ao desenvolvimento daquela localidade que dista a sete quilómetros da cidade dos Espargos.

A povoação de Pedra de Lume contou desde 1926 com uma escola que serviu aquela localidade, também crianças dos Espargos e da Palmeira, tendo desempenhado “um papel importantíssimo” na formação de quadros na ilha do Sal.

SC/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos