Ilha do Sal: Homens e mulheres 40 empenham-se na actividade física para manutenção da saúde

 

*** Por Sandra Custódio, da Agência Inforpress ***

Espargos, 06 Abr (Inforpress) – Homens e mulheres salenses na casa dos 40 e muito mais idade empenham-se diariamente na actividade física para manutenção da sua saúde e assim driblar a velhice com vigor.

No momento em que se celebra o Dia Mundial da Actividade Física, assinalado a 06 de Abril, cuja efeméride visa promover a prática de actividade física junto da população, assim como mostrar os benefícios do exercício físico, a Inforpress fez uma caminhada pela manhãzinha tendo constatado pessoas de várias idades, jovens, homens e mulheres, destacando-se os na casa dos 40/70 anos a fazer por manter a forma física.

Enquanto uns caminhavam outros corriam, jogavam a bola, andavam de bicicleta, para, conforme algumas pessoas abordadas a propósito do dia, evitar o stress, melhorar a auto estima, reduzir a tensão arterial, resumindo, contribuir para o bem-estar físico e psicológico.

Francisco Xavier, de 53 anos, um apaixonado pelo exercício físico, conta que desde muito jovem, levanta-se às cinco da manhã para começar o dia com actividade física já que, conforme acentua, contribui, “em larga  escala”, para a manutenção  da saúde e boa disposição ao longo do dia.

Valdemar Almeida, outro amante da prática desportiva e da actividade física, que também se levanta cedo para manter a forma, diz que não há melhor coisa do que praticar exercício físico, dependendo dele, realçou, como do ar que respira.

“No dia em que não fizer a minha actividade física fico transtornado, faltando-me alguma coisa. O exercício físico está na base de tudo quanto fazemos no nosso dia-a-dia: Melhora a auto estima, dá boa disposição. O corpo humano é como uma máquina, precisa de manutenção para se manter sadio”, acentuou Vavá, também praticante de ténis.

Ciente do adágio popular: “Mente sã em corpo são”, Elsa Rodrigues confessa, entretanto, não gostar muito da prática de actividade física por “preguiça ou um pouco de desleixo.

“Sei, que para termos uma mente sã, naturalmente, temos que ter também um corpo são. Mas eu, confesso, exercício físico não é comigo. Lá uma vez ou outra faço uma caminhada. Consciente, porém que a actividade física é importante para uma boa saúde. E agora, se não tenho essa apetência, não me atrai muito…”, exteriorizou Elsa Rodrigues.

E, para não deixar a data passar em branco, a Câmara Municipal do Sal promove várias actividades para levar as pessoas a praticarem exercício físico nas diferentes localidades da ilha, nomeadamente hoje na Vila da Palmeira, outra às 17:00, na Praça D’Água, na cidade de Espargos.

Para sexta-feira, a edilidade realiza também uma outra actividade na rua pedonal ao mercado de Santa Maria, logo pela manhã, às 07:00.

A prática regular de actividade física apresenta inúmeras vantagens e os médicos recomendam fazer, pelo menos, 30 minutos de exercício físico por dia.

A Organização Mundial de Saúde, que instituiu a data para a prevenção do sedentarismo, aponta a inactividade física como o quarto principal factor de risco de morte no mundo.

SC/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos