Ilha do Sal: Feira de saúde oferece serviços e orientações gratuitos à comunidade de Pedra de Lume

Espargos, 07 Jun (Inforpress) – A comunidade de Pedra de Lume, no Sal, será beneficiada sábado com uma feira de saúde, que vai oferecer serviços e orientações de graça aos moradores, promovida pela representação da ONG portuguesa de Desenvolvimento, Ambiente & Saúde (DAS).

O evento, que decorre das 10:00 às 15:00, vai possibilitar testes de glicemia, aferição de pressão arterial, verificação de peso, entre outras despistagens e é realizado juntamente com a Associação Terra a Terra daquela localidade piscatória, que dista a sete quilómetros dos Espargos.

Segundo Júlio Rendall, representante da DAS, pretende-se com esta acção, que conta com o apoio dos profissionais da saúde local, o Posto Móvel da Verdefam, Forças Armadas, Câmara Municipal do Sal, Cruz Vermelha, Delegação Escolar, entre outros parceiros, alertar a comunidade para uma vida saudável e evitar doenças com a mudança de hábito.

“Queremos realizar esta feira de saúde, já que não há nenhum posto sanitário em Pedra de Lume, e cuja comunidade também não tem recebido visitas médicas periódicas”, sublinhou.

Beneficiando moradores de toda a faixa etária, destaca-se, entretanto, momento dirigido aos jovens, onde se lhes propõe falar sobre as Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST), saúde reprodutiva, tudo o que esteja ligado à saúde e ao bem-estar da população.

Lembrando que a DAS tem um protocolo assinado com o Hospital do Sal, no âmbito da saúde ocular, embora as condições, segundo Júlio Rendall, ainda “não se propiciaram” para arrancar nesta área, e um outro com o Instituto do Património Cultural (IPC), em relação ao património e salinas de Pedra de Lume, a associação, disse, tem estado a trabalhar, estendendo-se a acção, voltada para a população.

“E, a área da saúde é uma área sempre muito cara para todos, daí a realização dessa feira”, manifestou, avançando, por outro lado, que no domingo, dia 17, pretende-se levar as crianças de Pedra de Lume, dos 04 aos 12 anos, para conhecerem o viveiro, situado nas imediações da Vila Verde, em Santa Maria, uma espécie de jardim botânico.

“Segundo ouvi dizer, as crianças de Pedra de Lume nunca tiveram essa oportunidade de conhecer o mini-jardim zoológico, se assim podemos chamar, então entendemos agraciá-las com uma visita àquele sítio”, concluiu.

A Associação DAS – Desenvolvimento, Ambiente & Saúde, é uma organização não-governamental (ONG) com sede no concelho de Sintra, Portugal, e Delegação na cidade dos Espargos, na ilha do Sal, onde se instalou há menos de um ano.

SC/CP

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos