Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Ilha do Sal: Dom Ildo Fortes ministra sacramento do Crisma a jovens e adultos (c/áudio)

 Espargos, 11 Jun. (Inforpress) – O bispo da Diocese do Mindelo, Dom Ildo Fortes, encontra-se na ilha do Sal, para ministrar o sacramento do Crisma a jovens e adultos das paróquias de Espargos e Santa Maria.

Dom Ildo Fortes explicou, em declarações à Inforpress, que o bispo, enquanto ministro dos crismas, passa em média uma vez por ano para as paróquias para crismar os jovens e adultos.

Entretanto, dada à situação da pandemia de covid-19, realizou muito poucas deslocações às ilhas, “quase nenhumas”, pelo que nestes últimos tempos tem estado a percorrer as dez paróquias da Diocese para crismar, chegando, agora, a vez do Sal, para ministrar o sacramento do Crisma nas paróquias de Nossa Senhora das Dores (Santa Maria) e Santo António (Espargos).

E, por coincidência, conforme conta, estando perto das festas do Santo António, padroeiro da Paróquia dos Espargos, é mais uma oportunidade de estar com aquela comunidade de fé nesta ocasião.

Apesar de ser, neste momento, uma festa um pouco diferente, conforme disse, sem a tradicional procissão pelas ruas em manifestação de fé, para evitar ajuntamento de muita gente, haverá a festa da paróquia, a que presidirá, considerando que a presença do bispo é uma presença que sempre estimula.

“Estimula, revitaliza (…). As pessoas têm sempre muita necessidade de ver o bispo, não por qualquer razão em especial, mas porque ele é um pastor. E sempre que vem, é uma oportunidade de confirmar na fé, alentar a esperança, ainda mais no momento em que vivemos, as pessoas sentem necessidade de uma palavra de conforto e de consolo”, sublinhou.

Segundo Dom Ildo Fortes, o contexto de pandemia que aumentou os problemas das comunidades, levou muita gente ao desemprego, mais gente necessitada de auxílio, obriga a encontrar caminhos de solidariedade e partilha.

Dom Ildo Fortes, que fez uma visita de cortesia ao presidente da Câmara Municipal do Sal, Júlio Lopes, terá encontros com os que vão crismar para os conhecer melhor, falar um pouco sobre o significado do Crisma, questioná-los e saber das suas motivações.

Referiu que o momento é também de vigília e oração para preparar a “grande festa do Crisma”.

“Vamos ter um momento de oração juntos, de preparação e adoração antes da festa do Crisma”, enfatizou. 

Segundo os preceitos da Igreja Católica, crismar significa “fazer um acordo com Deus”.

O Catecismo da Igreja Católica ensina que o Crisma pertence, juntamente com o baptismo e a Eucaristia, aos três sacramentos da iniciação cristã da Igreja Católica.

Dessa forma, o sacramento “encoraja o fiel e o fortalece para uma vida de testemunho de amor a Cristo”.

SC/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos