Ilha do Sal: Dirigente chinês encantado com a ilha turística

Espargos, 01 Nov (Inforpress) – O vice-presidente do Comité Nacional da Conferencia Consultiva Política Popular da China (CCPPCh), Wan Gang, chegou hoje ao Sal, para uma visita de poucas horas, tendo-se manifestado encantado com a ilha turística.

De passagem para a Cidade da Praia, onde também vai se privar com o presidente da Assembleia Nacional, Jorge Santos, Wan Gang, que pela primeira vez visita Cabo Verde, visivelmente radiante, disse em declarações à imprensa que já conhecia a ilha nos seus sonhos e nos livros.

“Nos meus sonhos já conhecia a ilha. É uma ilha cheia de sol, paixão e amizade”, exteriorizou, informando que esta visita ao arquipélago tem como propósito reforçar as relações de amizade e de cooperação entre os dois povos.

Calorosamente recebido no Complexo Educativo de Santa Maria, cuja construção é fruto da cooperação entre Cabo Verde e China, o dirigente chinês, que já foi também professor e presidente de universidade, disse que a visita àquele estabelecimento de ensino trouxe-lhe à memória o tempo de docência, registando com agrado a alegria dos alunos.

“Esta escola tem boa gestão, os estudantes estão felizes, e os professores gabam o desempenho dos alunos”, referiu.

Por sua vez, Austelino Correia, primeiro vice-presidente da Assembleia Nacional, que veio acolher a comitiva chinesa, no Aeroporto do Sal, destacou o facto desta delegação ser composta por gente da área das ciências e tecnologia, que, conforme disse, quer investir no ramo das energias renováveis, de modo a alavancar, cada vez mais, o desenvolvimento do país.

Referindo-se que a China está, igualmente, empenhada em apoiar Cabo Verde no sector da educação, não só a nível do básico, mas também a nível superior, Austelino Correia exemplifica com a construção do campus universitário da UNI-CV, na Cidade da Praia.

“Investir na educação é um pilar importante. E a China está apostada nisso. A China e Cabo Verde querem uma cooperação viva, efectiva… não só construir muros, betões, mas ter também todo o desenvolvimento a nível da educação, o reforço das questões culturais e aprendizagem saudável das crianças”, sublinhou.

Austelino Correia disse esperar que esta visita do vice-presidente do Comité Nacional da Conferencia Consultiva Política Popular da China venha permitir mais cooperação, na área da educação, construção, equipamento, entre outras, e que os empresários cabo-verdianos possam também visitar aquele país asiático e vice versa, e ver com os empresários chineses possíveis áreas de cooperação, sobretudo, a nível do turismo.

“Termos a presença dos chineses no Sal e na Boavista a investir na área turística (…), diversificar para a Ásia, já que os nossos turistas são sobretudo europeus. E aproveitar da capacidade chinesa para desenvolvermos cada vez mais o nosso turismo, e diversificarmos”, concluiu.

Wan Gang, que fez também uma visita de cortesia ao presidente da Câmara do Sal, Júlio Lopes, visitado as salinas de Pedra de Lume, vai esta tarde dar uma volta à cidade turística de Santa Maria.

O dirigente chinês que deverá partir para a cidade da Paria na manhã de sexta-feira será recebido pelo Presidente da Assembleia Nacional, Jorge Santos, devendo-se efectuar uma visita de cortesia ao primeiro-ministro, José Ulisses Correia e Silva, ao Presidente da Republica, Jorge Carlos Fonseca, deputados do Grupo Parlamentar de Amizade Cabo Verde – China, e ao deputado/representante da Comissão Especializada de Relações Externas, Cooperação e Comunidades.

SC/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos