Ilha do Sal: Directora do Hospital pondera falta de esclarecimentos sobre aleitamento materno

Espargos, 05 Ago (Inforpress) – A directora do Hospital Ramiro Figueira, na ilha do Sal, Cláudia Silva, asseverou hoje que há “muita falta” de esclarecimentos, mitos e crenças sobre o aleitamento materno, que deverão, entretanto, ser dissipados.

Cláudia Silva fez essas considerações no final das actividades da Semana Mundial de Aleitamento Materno, realizado de 01 a 07, sob o lema “Fortalecer a Amamentação: Educando e Apoiando”, que no Sal, terminaram esta quinta-feira com roda de conversa com grávidas adolescente, especialmente, com vista a orientá-las sobre a importância da amamentação.

“Através das rodas de conversas com grávidas, mães e outras pessoas, notamos que há necessidade de esclarecimentos sobre a temática…, há ideias que não são as mais correctas, e mitos que precisam ser trabalhados junto das grávidas, mães e população, e as famílias em especial”, observou a médica.

Destacando o papel da sociedade no sucesso do aleitamento materno, Cláudia Silva falou, por outro lado, sobre a importância do “bom seguimento” das gestantes, nos estabelecimentos de saúde, ao descobrirem que estão grávidas, e também pós-parto.

“Para ajudar na prevenção de certas e determinadas doenças, nomeadamente, hipertensão arterial, diabetes, durante a gravidez… se o feto tiver alguma patologia poderá ser captada mais cedo, permitindo melhor procedimento e o bem-estar tanto da mãe como do bebé”, frisou.

Durante esta semana de reflexão sobre o aleitamento materno foi realizada uma série de actividades, sobretudo de sensibilização de grávidas, mães, mas também dos pais, de uma forma geral.

Com a celebração da efeméride, a ideia das autoridades de saúde local é continuar com as acções de informação e sensibilização à volta da temática, da importância do aleitamento materno exclusivo, depois do nascimento até os seis meses de idade.

A semana de 01 a 07 de Agosto foi instituída internacionalmente como a Semana Mundial de Aleitamento Materno com o intuito de promover e estimular a amamentação, e melhorar a saúde de crianças ao redor do mundo.

A acção promovida pela Aliança Mundial acontece todos os anos, em mais de 150 países.

SC/CP

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos