Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Ilha do Sal: Autarquia disponibiliza 300 contos para agraciar equipas campeãs do Académico e Académica

 

Espargos, 09 Mai (Inforpress) – A autarquia do Sal homenageou esta segunda-feira nos Paços do Concelho, as equipas campeãs de futebol, Académico e Académica, tendo entregue a cada uma delas, um cheque de 200 e 100 mil escudos, respectivamente.

“Câmara Municipal do Sal com o desporto o ano inteiro” é o lema adotado pela a autarquia para demonstrar o seu interesse pelo desenvolvimento do desporto na ilha e, conforme o edil, pretendem com este gesto reconhecer todo o trabalho, empenho e “excelentes” resultados alcançados durante a última época desportiva, com a equipa do Académico a sagrar-se campeã regional de futebol, enquanto a Associação Académica foi a vencedora da Taça Djad’Sal.

A esse propósito, o edil Júlio Lopes fez um apelo aos salenses no sentido de todos se unirem à volta do representante da ilha do Sal, na prova nacional.

Por outro lado, como forma de reforçar o seu apoio institucional prometeu ter sempre um elemento da equipa camarária a acompanhar a formação do Académico nas suas deslocações durante a disputa nacional.

“Este é um sinal de uma nova era para o desporto na ilha do Sal. De mudança. A Câmara Municipal do Sal não só vai homenagear, mas também aumentar de forma significativa o apoio financeiro e institucional à equipa que representar a ilha ao nível nacional. Queremos projectar o nome do Sal no contexto nacional”, sublinhou.

De acordo com o autarca, com um cheque de 200 contos para a equipa do Académico Aeroporto do Sal e 100 mil escudos para a Micá, a Câmara Municipal quer com isso ajudar, para que a ilha seja representada de forma condigna a esse nível.

O presidente do Académico, Carlos Moniz ou Cabet como é também conhecido, destacando a importância desse apoio, manifestou-se satisfeito augurando mais incentivos.

“É um excelente apoio, melhorou consideravelmente, comparado com o ano passado. E esperamos, com o desenrolar do campeonato venham mais apoios, já que a participação na prova nacional acarreta muitas despesas, nomeadamente com deslocações, alimentação alojamento e transferes… Não é fácil suportar se não houver apoios financeiros”, acentuou.

Tratando-se da primeira vez que a Câmara Municipal distingue um vencedor da Taça Djad’Sal, Carla Monteiro, presidente da Académica, equipa que foi contemplada com cem mil escudos, disse que esse prémio é um incentivo a fazer mais e melhor.

“A parte financeira é importante para ajudar nos custos da equipa. Este reconhecimento permitirá maior motivação com vista a alcançar outras conquistas e vitórias”, manifestou.

SC/FP

Inforpress/Fim

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos