Ilha do Sal: Autarca exorta jovens a abraçarem projecto Bootcamp Viveiro Empreendedor

Espargos, 09 Mar. (Inforpress) – O presidente da Câmara Municipal do Sal, Júlio Lopes, exortou, hoje, os jovens a abraçarem o projecto Bootcamp Viveiro Empreendedor, que os ajudará, conforme sublinhou, a melhorar a sua qualidade de vida.

O lançamento do projecto Bootcamp Viveiro Empreendedor teve lugar esta tarde, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, que estava apinhada de gente, na sua maioria jovens.

Considerando o projecto “algo extraordinário”, abrangendo jovens dos 18 a 50 anos, Júlio Lopes disse que o programa chega “em boa hora”, face aos embaraços do contexto de pandemia provocado pela covid-19, que levou muitos jovens para o desemprego.

“Eis que chega em boa hora. Não podia haver um melhor momento para chegar a este programa Bootcamp Empreendedor. Os jovens que têm alguma dificuldade ou estão no desemprego, podem agora participar neste programa, apresentar os seus projectos, que o viveiro os ajudará a planear, executar e implementar um negócio”, manifestou.

“Assim, poderemos dar mais um passo e vencer esta pandemia, também ao nível dos rendimentos”, encorajou.

Para o técnico conselheiro do PNUD, Saandi Assoumani, um dos financiadores do programa, é um “prazer” participar no lançamento deste projecto, esperando “bons resultados” em benefício das populações.

Também presente no acto, o director do Planeamento Nacional, Gilson de Pina, enalteceu o projecto que, conforme sublinhou, vai criar uma dinâmica económica e social, sobretudo de jovens, na ilha do Sal.

“Empreendedor significa ser inovador, criador de ideias, de riquezas e de valores para a sociedade e para si mesmo também. Os 30 melhores projectos vencedores vão dinamizar a economia do Sal, e sobretudo criar rendimentos e empregos, e dar mais confiança à população do Sal”, almejou.

O programa “Bootcamp Viveiro Empreendedor” visa o empoderamento dos jovens, destinado a projectos individuais ou equipas que queiram testar e validar o modelo de negócio da sua ideia.

Tem como propósito ajudar os empreendedores salenses nas diversas fases do processo de criação e desenvolvimento de novos negócios, promoção de emprego e fontes de rendimento, apoio à criatividade e ao empreendedorismo, entre formações diversas.

Os 30 melhores projectos serão contemplados com bolsas de financiamento ao negócio, no valor de duzentos mil escudos, “não reembolsáveis”, devendo beneficiar, também, de uma consultoria/mentoria individualizada para os apoiar na implementação dos seus negócios.

O programa Bootcamp Viveiro Empreendedor conta com a parceria da Pro Empresa e associações comunitárias, e financiado pelo Fundo de Descentralização de Cabo Verde, através da embaixada do Grão-Ducado do Luxemburgo em Cabo Verde e do PNUD.

SC/JMV
Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos