Ilha do Sal: Acidente de viação faz vários feridos – dois deles inspirando cuidados (c/áudio)

Espargos, 05 Jan (Inforpress) – Um acidente de viação ocorrido no final da manhã de hoje, na ilha do Sal, envolvendo uma carrinha de caixa aberta, Toyota Hillux, fez vários feridos, dois deles inspirando cuidados, segundo apurou a Inforpress.

Desde o início do ano, a ilha já regista dois acidentes, sendo o de hoje mais grave, conforme se conseguiu constatar no terreno, envolvendo uma carrinha de caixa aberta, de transporte de passageiros, com oito viajantes, sendo três homens e cinco mulheres, incluindo uma criança do sexo feminino.

O acontecimento deu-se na via que liga Espargos/Santa Maria, nas imediações do “Viveiro”, tendo o veículo capotado no outro lado da estrada, isto é, no sentido contrário, Santa Maria/Espargos.

Segundo informações policiais recolhidas no terreno, tudo indica que o condutor vinha a uma “velocidade animada”, tendo perdido o controlo do volante, a avaliar pelas marcas no chão e o “choque violento”, que fez capotar a viatura, ficando com as quatro rodas para o ar.

Os acidentados socorridos também pela Protecção Civil foram imediatamente conduzidos para o Hospital Ramiro Alves Figueira, nos Espargos, entretanto, todos estáveis e conscientes, embora com dores, segundo a directora Cláudia Silva.

Sem muitas informações, no momento, sobre o estado das vítimas, a médica avançou, entretanto, que todos estão estáveis, conscientes e orientados, no processo de avaliação pela equipa médica, nos serviços de urgência.

“Os que a situação exige, estão a ser realizados exames complementares, como radiografias, para ver ao certo qual a extensão dos traumas, caso tiverem, mas de uma forma geral estão estáveis e orientados”, reiterou.

Cláudia Silva esclareceu que alguns dos acidentados queixam-se de dores mais específicas e intensas, nomeadamente na região torácica e membros superiores, mas há que aguardar o resultado dos exames para que se possa analisar a “real situação”.

A médica aproveita para chamar a atenção das pessoas, no sentido de terem mais cuidado e prudência ao volante, evitar o uso de álcool quando a conduzir, porque são situações que põem em risco a vida não só do condutor, mas também de outras pessoas.

SC/DR

Inforpress/Fim

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos