Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Ilha do Maio: Operação Cadastral realiza sétima consulta pública abarcando as zonas de Figueira e Barreiro

 

Porto Inglês, 23 Ago (Inforpress) – O Instituto Nacional de Gestão do Território, através da equipa de Cadastro Predial instalada na ilha do Maio, realiza de 24 de Agosto a 20 de Setembro de 2017, a sétima consulta pública, incidindo nas zonas de Figueira e Barreiro.

Segundo o coordenador local, Samir Reis, este acto visa facultar aos titulares cadastrais ou quaisquer outros interessados, a possibilidade de verificarem a exactidão dos dados da caracterização provisória, que correspondem aos elementos recolhidos durante os trabalhos de campo, relativamente à situação de cada propriedade, quais sejam prédio, terreno, casa ou apartamento localizado naquelas zonas.

“As informações vão estar disponíveis no Gabinete de Apoio à Operação do Cadastro Predial na cidade do Porto Inglês, centro multimédia de Barreiro e centro multimédia de Figueira e através do site de “Porton di nós ilha” durante os 20 dias úteis a contar do arranque da publicação”, frisou.

De acordo ainda com este responsável, em caso de algum dado não estiver em conformidade com o que o titular tinha relatado no acto de levantamento das informações, o mesmo terá a possibilidade de submeter uma reclamação junto dos técnicos que estarão disponíveis para os atender e prestar informações, incluindo sobre como submeter uma reclamação, em formato próprio.

Todavia, avançou que as reclamações devem ser fundamentadas de facto e de direito e especificar as alterações pretendidas.

Conforme adiantou, este momento, o INGT, tem em andamento a consulta pública nas localidades de Cascabulho, Morrinho, Pedro Vaz, Praia Gonçalo e Santo António.

Samir Reis disse ainda, que apesar de alguns constrangimentos registados no levantamento dos dados recolhidos no terreno, de uma forma geral até o momento os trabalhos têm decorrido dentro dos parâmetros previstos, pelo que estão convictos de que vão cumprir os prazos estabelecidos inicialmente.

WN/FP

Inforpress/Fim

 

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos