Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Ilha do Maio: Delegada do Ministério da Educação almeja um “bom ano lectivo” que supere a taxa dos anos anteriores

 

Porto Inglês, 18 Set (Inforpress) – A delegada do Ministério da Educação no Maio disse hoje que um dos objectivos para este ano lectivo é superar a taxa do aproveitamento dos anos anteriores e diminuir a taxa de reprovação e o abandono escolar.

“Estamos num momento de mudança, e, uma das nossas metas para este ano é superar a taxa de aproveitamento do ano passado que foi de 85.1 por cento (%) e atingir os 87%. Um outro objectivo é diminuir a taxa de abandono, principalmente no 8º ano de escolaridade”, frisou Maria José Jorge Ribeiro.

A responsável da Educação na ilha, que fez esta declaração à margem da abertura do ano lectivo, começou por elencar os ganhos conseguidos durante o ano lectivo passado, bem como os constrangimentos encontrados, tendo acrescentado que, para este ano, uma das inovações é a introdução de línguas estrangeiras no 5º e 6 º anos do ensino básico.

Segundo Maria José Ribeiro, um dos grandes constrangimentos para este ano tem que ver com os transportes escolares, tendo em vista que, este ano, os alunos de 5º e 6 º anos do ensino básico vão assistir as aulas na cidade do Porto Inglês.

Conforme adiantou, a frota actual da edilidade não vai conseguir dar vazão a toda a demanda até o fim do ano, data em que está prevista a recepção de mais dois autocarros novos e, para tal, avançou que vão ter que recorrer aos serviços de particulares, serviço esse que garantiu, “vai ser feito com toda a segurança”.

“Prevemos um esforço financeiro no valor anual de 2.760 contos com os transportes escolares, para transportar os alunos de 5º e 6º anos para a cidade do Porto Inglês”, indicou Maria José Ribeiro.

A falta de, pelo menos, mais quatro novos professores no ensino e mais dois no básico, foram também evidenciados pela delegada da Educação, mas que segundo a delegada, pelas informações que dispõe, o problema vai ser solucionado nos próximos dias.

Para Maria José Ribeiro, uma das grandes apostas este ano vai ser o combate ao abandono escolar e, para tal, avançou que é preciso envolver os pais e encarregados de educação neste processo de ensino e aprendizagem, visto que a maioria dos alunos que reprovam ou que abandonam o sistema de ensino são aqueles, cujos pais não estão a acompanhar o processo.

No que tange aos materiais escolares, a delegada da Educação no Maio garantiu que já se encontram na ilha todos os livros das disciplinas que não sofreram mudanças no sistema de ensino para este ano, e que receberam a garantia da ministra que, brevemente, vão ser disponibilizados os restantes livros.

WN/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos