Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Ilha do Fogo: Trabalhos para desobstrução da estrada de Sumbango ainda sem arrancar – vereador Fábio Vieira

São Filipe, 28 Jun (Inforpress) – Os trabalhos para a desobstrução do troço de estrada nacional EN1-FG01, de Sumbango, que está interditada há duas semanas, ainda não iniciaram e não há uma data indicativa para o seu começo, disse o vereador Fábio Vieira.

Volvido uma semana da visita de uma equipa técnica do Instituto de Estradas, da empresa responsável pela manutenção e de especialistas portugueses, a edilidade dos Mosteiros, adiantou o vereador, aguarda o feedback do Governo para junto dos actores sociais ver que mecanismo adoptar e que apoios e recursos mobilizar, para em parceria com o Governo resolver o quanto antes a situação.

Fábio Vieira advogou intervenções nesta via de forma a permitir que a população da zona norte do município dos Mosteiros tenha acesso à saúde, educação e bens de primeira necessidade, além de garantir a ligação deste município ao de São Filipe, via norte.

Questionado se há uma data provável para o arranque dos trabalhos, o vereador afirmou que “não há uma data indicativa para o início dos trabalhos”, porque há uma equipa técnica a fazer a avaliação da situação e que a câmara espera o feedback do Ministério das Infra-estruturas para resolver a situação.

Alguns elementos da equipa técnica do Instituto de Estradas só conseguiram deixar a ilha do Fogo na quarta-feira devido a problemas de transportes, e após o regresso é que vão analisar os possíveis cenários para intervenção nesta via.

O troço de estrada, recorda-se, encontra-se fechado à circulação de viaturas e de pessoas, na sequência de desabamentos de rochas com alguma dimensão que deixaram a via intransitável numa extensão de cerca de 50 metros de cumprimento, ocorrido a 15 de Junho.

Devido à situação e na falta de informação sobre quando a via poderá ser desobstruída, a população da zona norte do município dos Mosteiros, abrangendo as localidades de Atalaia, Ribeira Ilhéu, Aldeia e Rocha Fora, agendou para o dia 05 de Julho, feriado nacional, uma manifestação para reivindicar a abertura da via.

O morador de Atalaia André Silva, um dos elementos da organização da manifestação, disse que a população da zona norte é “a mais afectada” com a situação que deixa essas localidades isoladas do resto do município, indicando que as alternativas pedestres também constituem perigo e, defende, há que encontrar uma solução o mais breve possível.

JR/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos