Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Ilha do Fogo: Governo vai disponibilizar perto de 300 mil contos para requalificação urbana de São Filipe – Ministro do Estado (c/áudio)

São Filipe, 07 Set (Inforpress) – O compromisso do Governo até o final da legislatura com a Câmara de São Filipe passa na disponibilização de uma carteira de financiamento no valor de 284 mil contos para a reabilitação e requalificação urbana.

A informação foi transmitida pelo ministro de Estado, dos Assuntos Parlamentares, da Presidência do Conselho de Ministros e ministro do Desporto, Fernando Elísio Freire, que quinta-feira visitou as obras municipais em execução e os locais para implementação de projectos estruturantes para o desenvolvimento do município de São Filipe.

Além deste pacote financeiro, São Filipe vai beneficiar de quase 30 mil contos do Fundo do Ambiente para reabilitação da orla marítima, entre a praia de Fonte Bila e a de Nossa Senhora da Encarnação, refere Fernando Elísio Freire, para quem a parceria entre o Governo e a Câmara de São Filipe tem traduzido em resultado.

O governante apontou as obras de reabilitação do parque escolar, a melhoria das acessibilidades e requalificação de vários bairros, salientando que tudo aquilo que se está a ver na ilha é uma conjugação de esforços entre o Governo e a Câmara para mudar a cidade de São Filipe.

Neste particular, disse que a primeira questão passa pela mudança da atitude das pessoas em relação à sua cidade, aumentar da auto-estima das pessoas que gostam da cidade e estão nas ruas, e que a segunda questão tem a ver com a regeneração do centro histórico de São Filipe.

Fernando Elísio Freire considerou a regeneração do centro histórico de “extremamente importante”, apontando um conjunto de obras que serão realizadas nesta perspectiva com a requalificação do largo defronte à antiga cadeia civil e sua transformação na “praça das bandeiras”.

Entre outros projectos, destacou também a requalificação de toda a orla marítima, desde Fonte Bila até praia da Nossa Senhora da Encarnação, a reabilitação do Presídio, obra que para o ministro faz com que a “cidade esteja mais aprazível e disponível para o desenvolvimento”, porque, segundo adiantou, a “ilha e cidade têm grande potencialidade turístico, histórico e cultural e o Governo está a investir para melhorar a cidade e a ilha.

Durante a visita, cujo objectivo foi de constatar “in loco” o ponto da situação sobre um conjunto de competências passadas às Câmaras Municipais e para inteirar das obras financiadas pelo Executivo, através do Fundo do Ambiente, e no âmbito relacionamento entre o Governo e os municípios, Fernando Elísio Freire passou também pela lixeira municipal que funciona a menos de 300 metros do hospital regional.

Segundo informações prestadas pelos responsáveis municipais, semanalmente faz-se a cobertura dos lixos com uma camada de terra até que a solução definitiva seja encontrada e segundo a edilidade o lixo será posteriormente removido para outro local (futuro aterro sanitário), já que está num terreno privado e só o processo de remoção, neste momento, custará perto de 35 mil contos.

Em relação a esta problemática, o governante disse que “há um compromisso do Governo com as três câmaras municipais da ilha (São Filipe, Santa Catarina e Mosteiros) para se tentar encontrar uma solução conjunta para resolver o problema de lixeira nos três municípios e que passa pela construção de um aterro sanitário”, observando que “há essa vontade das câmaras e do Governo e que vai-se trabalhar para montar o projecto e encontrar o financiamento para a sua materialização”.

O vereador Lucas Alves, que acompanhou a visita do ministro, na ausência do edil, Jorge Nogueira, disse que houve “uma boa conversa, que permitiu consertar algumas questões que são prioridades e de muita relevância para o desenvolvimento do município nos próximos dois a três anos”, alem do estreitar e afinar a concertação que deve existir entre o Governo e a câmara.

O autarca indicou que, enquadrados nos Fundos de Ambiente, Turismo e de Manutenção Rodoviária, e do programa Requalificar, Reabilitar e Acessibilidades (PRRA) estão em curso ou prestes a iniciar-se vários projectos estruturantes para o desenvolvimento local e cujo financiamento estão garantidos.

Citou o projecto do parque de Santa Luzia, a requalificação ambiental e paisagística da orla marítima de Fonte Bila à praia de Nossa Senhora de Encarnação, praça das bandeiras (largo da antiga cadeia, onde os festeiros e as pessoas ligadas às diferentes bandeiras descansam antes de descerem à praia de Bocarrom), pedonal da cidade de São Filipe, de entre outros.

JR/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos