Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Ilha do Fogo: Edil dos Mosteiros diz que evacuação de doentes retrocedeu em mais de 40 anos

 

São Filipe, 06 Jun (Inforpress) – A ilha do Fogo está semiabandonada e em matéria de evacuação de doentes para o hospital central da Praia regista-se um retrocesso de mais de 40 anos, disse hoje o edil dos Mosteiros, Carlos Fernandinho Teixeira.

O autarca fez essas considerações em conferência de imprensa onde protestou a indignação da edilidade dos Mosteiros face à situação sanitária decorrente do processo de reestruturação dos transportes aéreos e a forma como os doentes estão a ser encaminhados para a Cidade da Praia.

Segundo Carlos Fernandinho Teixeira, “a ilha foi relegada para um segundo plano”, observando que é preciso, “antes que seja tarde”, a tomada de medidas necessárias para corrigir definitivamente esta situação.

“Não podemos compactuar com a situação em que se vive na ilha do Fogo, pois, no limiar do século XXI, pacientes a serem transportadas de forma desumana e através de uma lancha”, disse o edil, para quem é fundamental que as pessoas do Fogo tenham a noção de que há vários anos que tal situação não tinha acontecido.

De acordo com o autarca, que diz que não se lembra dos pacientes a serem transportamos de barco e muito menos numa lancha, esta “situação representa um retrocesso acima de 40 anos”, frisou.

“Foi com grande indignação que tomamos conhecimento de que já não vai haver condições para transporte em macas por via aérea a partir da ilha do Fogo e foi com viva revolta que assistimos ao transporte de doentes, em situação de emergência, por via marítima, de forma por demais indecorosa, sem que o Governo tenha prestado explicações prévias às populações e às autoridades locais”, afirma Carlos Fernandinho.

A edilidade, segundo o autarca, repudia aquilo que considera ser “um descaso e irresponsabilidade do Governo” de colocar em risco a saúde e vida dos cidadãos foguenses, assim como o retrocesso na mobilidade das pessoas, “não obstante todas as promessas eleitorais feitas”.

O edil dos Mosteiros apela o Governo e a quem de direito perante esta nova problemática, para olhar para todos os lados no sentido de ver que algumas medidas, como esta de “sonegar a ilha do Fogo de uma condição humanitária e sanitária essencial”, ferem os princípios de insularidade e são contra a propalada regionalização.

“Apelamos o Governo a uma imediata reposição da normalidade, não só reinstalando as condições de transporte de doentes, como pensar esta região sanitária com maior capacidade de actuação médica”, disse o edil, esperando que o diálogo constante entre o Governo e o Poder Local seja profícuo no interesse maior para a ilha do Fogo.

Para Carlos Fernandinho Teixeira, as operadoras de transportes aéreos que fazem viagens regulares para a ilha do Fogo que não têm condições mínimas para o transporte de doentes “não servem a ilha e o país” e há que criar as condições mínimas essenciais para o transporte dos pacientes e das pessoas com dignidade.

Questionado do porquê da edilidade dos Mosteiros assumir essa postura de forma isolada, sabendo que nos últimos anos a questão da ilha tem sido analisada conjuntamente com os outros dois municípios, Carlos Fernandinho indica que a postura do seu município “não irá beliscar as relações existentes com as demais câmaras da ilha”.

Ressalvou que em nenhuma circunstância podia deixar esta situação passar em branco, sublinhando que enquanto estiver vivo dará combate a tudo aquilo que prejudica a ilha e o município dos Mosteiros, mesmo estando no poder um Governo do PAICV.

“Teria a mesma atitude e comportamento em relação à questão tão importante como a saúde pública das comunidades da ilha do Fogo”, disse o autarca, numa alusão à eventualidade de o PAICV (partido que sustenta a sua Câmara) estar no poder.

JR/FP

Inforpress/Fim

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos