II fórum WASAG agendado para Fevereiro pretende melhorar gestão da escassez de água na agricultura

Cidade da Praia, 24 Jan (Inforpress) – A segunda edição do fórum WASAG 2023, que acontece de 07 a 09 de Fevereiro, na Praia, visa o reforço do debate sobre a problemática da escassez de água e acelerar as acções estratégicas na agricultura no país.

A informação foi avançada hoje à imprensa pelo secretário de Estado para a Economia Agrária, indicando que o fórum do Quadro Global sobre Escassez de Água na Agricultura (WASAG) tem como objectivo definir as políticas públicas de investimentos necessários para enfrentar a escassez de água no sector agrário, praticada pelos Pequenos Estados Insulares em Desenvolvimento (PEID), com foco em Cabo Verde.

Segundo Miguel Moura, pretende-se abrir um espaço para reflexão e contribuição dos especialistas e pesquisadores com o intuito de também avaliar o estágio da implementação dos objectivos da Década Internacional para a Acção 2018-2028, na conferência mundial sobre a Água das Nações Unidas, que acontece em Março deste ano.

Assim, acrescentou o governante, pretende-se discutir também as formas mais “efectivas e impactantes” para a implementação da nova estratégia de acção das WASAG, entre 2021 e 2024.

Aguarda-se a presença, neste fórum de quatro centenas de especialistas e activistas nacionais e internacionais de 73 países, para debater diversas temáticas ligadas à “agricultura resiliente” no contexto de hoje das alterações climáticas.

No evento, projectado para aumentar e reforçar a cooperação entre os envolvidos no sector em causa, serão discutidos temas como água e migração, água e nutrição, agricultura salina e uso sustentável da água na agricultura.

O WASAG foi concebido para reunir os principais intervenientes do sector e enfrentar o desafio colectivo do uso da água de forma eficiente na agricultura, bem como garantir a segurança alimentar.

Trata-se de uma iniciativa a fim de apoiar os países e partes interessadas no cumprimento da Agenda 2030, no âmbito do Desenvolvimento Sustentável e o Acordo de Paris, que inclui a implementação das contribuições determinadas.

O II fórum WASAG acontece no Campus da Universidade de Cabo Verde, e é promovido pelo Governo através do Ministério da Agricultura e Ambiente, em articulação com a FAO, e com o patrocínio do Governo da Suíça.

A conferência para uma comunicação conjunta sobre o fórum, realizada hoje de manhã, contou com a presença em modo híbrido do presidente da WASAG, Félix Reinders, o representante permanente da Suíça junto da FAO, Ambassawler Wennubst, e o director da Terra e Água da FAO, Ruhiza Baroto.

LT/CP

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos