Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

ICCA e parceiros debatem plano de comunicação relativo aos direitos da criança e adolescente em Cabo Verde

Cidade da Praia, 28 Out (Inforpress) – O Instituto Cabo-verdiano da Crianças e Adolescentes (ICCA) e parceiros socializam quinta-feira, 29, na Praia, através de webinar, estratégias e plano de comunicação relativo aos direitos da criança e adolescente com enfase na prevenção e combate à violência sexual.

Segundo o documento do ICCA a que a Inforpress teve acesso denominado “Plano de Comunicação: Programa Cabo Verde pela Infância e Adolescente”, trata-se de um planeamento “importante para as organizações”, pois permite um redimensionamento contínuo de acções presentes e futuras.

“Os sete anos do Estatuto da Criança e do Adolescente de Cabo Verde e as análises resultantes dos avanços, desafios e demandas a implementar a partir do Plano Nacional de Combate à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes 2017-2019 deixaram claro a necessidade de que novas estratégias devem vir a se somar às já existentes na protecção da infância e adolescência”, sita o mesmo documento.

Neste âmbito, o Governo, por meio do Ministério da Família e Inclusão Social, através do ICCA e com o apoio da UNICEF, elaborou o Plano de Comunicação, com base na especialidade da Comunicação para o Desenvolvimento, e com eixos de advocacy que incidem na construção de políticas públicas, na mobilização da população e na promoção de mudanças sociais e de comportamento.

A proposta a ser analisada no ateliê de quinta-feira é resultado de uma análise situacional desenvolvida no Documento Estratégico de Comunicação, em 2020, com o objectivo de sugerir linhas de trabalho e caminhos para que o Governo, a família e a sociedade possam trabalhar conjuntamente na garantia da protecção integral e prioridade absoluta de todas as crianças e os adolescentes.

O Plano de Comunicação, sublinha o ICCA, contém actividades internas, do Governo, e externas, de mobilização de instituições, como ONG, escolas e associações, entre outras, com a parceria dos media.

“Mais do que um plano, é um compromisso. Colocá-lo em prática é fazer acontecer o Programa Cabo Verde pela Infância e Adolescência; é contribuir para um país que previne e combate a violência sexual contra suas crianças e adolescentes; é vivenciar o que preconizam o Estatuto da Criança e do Adolescente de Cabo Verde e a Convenção dos Direitos da Criança”, acrescenta o ICCA.

Ainda o instituto, pretende-se com este plano desenvolver estratégias de comunicação que contribuam para a protecção de crianças e adolescentes de Cabo Verde frente à violência sexual e tronando-a, até 2025, um país referência no continente africano na prevenção de violência sexual contra crianças e adolescentes.

PC/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos