Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

IANCV assinala Dia Internacional dos Arquivos com conferência sobre situação dos arquivos em Cabo Verde

Cidade da Praia, 08 Jun (Inforpress) – A actual situação dos arquivos em Cabo Verde vai ser debatida quarta-feira numa conferência promovida pelo Instituto do Arquivo Nacional de Cabo Verde (IANCV) em comemoração ao Dia Internacional dos Arquivos, que se celebra a 9 de Junho.

O presidente do IANCV, José Maria Borges, adiantou à Inforpress que com a realização desta conferência, a instituição pretende aderir à iniciativa do Conselho Internacional de Arquivos (ICA, sigla em inglês) – “#IAW2021 – #Empowering Archives”.

Para este responsável, o evento poderá simbolizar a necessidade de se promover um debate do sector da gestão arquivística no país, envolvendo as instituições, a academia e a sociedade civil, sobre a situação dos arquivos correntes e intermédios, produzidos e acumulados pela administração pública cabo-verdiana.

O objectivo desta iniciativa, explicou José Maria Borges, visa reunir os responsáveis da administração pública para um encontro de reflexão sobre a situação dos arquivos, salientando que o evento irá versar sobre o lema lançado pelo ICA relativamente ao empoderamento dos arquivos.

O evento conta com a participação de entidades públicas, nacionais e internacionais, que irão fazer o ponto de situação relativamente à questão, e durante o encontro serão apresentadas algumas linhas sobre a real situação dos arquivos em Cabo Verde.

“A conferência irá versar sobre dois aspectos do lema lançado pelo ICA, que é a questão do empoderamento dos arquivos, portanto, vamos tratar a questão da responsabilidade e da transparência, focando como é que os arquivos fortalecem a responsabilidade e transparência por meio do acesso à informação para responsabilizar os governos e garantir que os cidadãos, possam proteger os seus direitos”, explicou.

Outro grande tema apresentado pelo ICA e que será debatido durante a conferência tem a ver com a colaboração e a rede, ou seja, de que forma é que essas duas componentes permitem capacitar os arquivos e a profissão para ajudar a alcançar as metas e objectivos para a profissão e instituições.

O terceiro painel irá abordar a temática da diversidade e inclusão, com foco nos desafios da teoria e prática arquivística actual por forma torná-la mais diversa e inclusiva de diferentes vozes.

“Teremos três painéis com o total de oito oradores, no período da manhã iremos discutir a situação dos arquivos na administração pública, a situação no poder executivo e judicial, a situação dos arquivos nos municípios e à tarde abordaremos a situação dos arquivos electronicos”, reforçou.

O Dia Internacional dos Arquivos é celebrado anualmente a 9 de Junho, e foi instituído pela Assembleia Geral do Conselho Internacional de Arquivos, em 2007, data escolhida por ter sido a 9 de Junho de 1948, que a Unesco criou o Conselho Internacional de Arquivos.

Desde a sua criação, o ICA tem como objectivo alertar a opinião pública para a importância que os arquivos assumem como instituições de memória das nações e das sociedades.

Este ano, a Semana Internacional dos Arquivos é celebrada de 7 a 11 de Junho, pelo ICA, com o lema “Empowering Archives”, e pretende incentivar a reflexão sobre três grandes aspectos da gestão arquivística mundial, responsabilidade e transparência; colaboração e rede; e diversidade e inclusão.

CM/CP
Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos