HAN vai investir mais de cinco mil contos na aquisição de equipamentos para serviços de Pediatria e Maternidade

Cidade da Praia, 12 Fev (Inforpress) – O PCA do Hospital Agostinho Neto (HAN) anunciou hoje que o hospital vai investir mais de cinco mil contos na aquisição de equipamentos paras os serviços de Pediatria e Maternidade, visando reforçar a sua política de humanização.

Imadueno Cabral fez o anúncio em declarações à imprensa, à margem da cerimónia de entrega do parque infantil de recreio e lazer para as crianças internadas no Serviço de Pediatria do hospital central, enquadrada do Dia Mundial do Doente e que tem o patrocínio do Internacional Investiment Bank (IIB).

Segundo o responsável, além deste investimento que será feito no decorrer deste ano, o HAN, no quadro da sua política de humanização, vai institucionalizar a terapia familiar no contexto da prestação de cuidados de saúde aos doentes internados.

“Os equipamentos vão possibilitar a melhoria na assistência ao doente, mas sobretudo no reforço das questões que tem a ver com a humanização do cuidado e segurança dos doentes. É um investimento de mais de cinco milhões de escudos, que vai permitir aos doentes, sobretudo aos acompanhantes, terem acesso a cadeiras para descanso, tanto no sector de Pediatria como da Maternidade”, realçou, acrescentando que será ainda criada uma equipa para a terapia ocupacional para melhorar o nível de prestação de cuidados de saúde.

Essas duas medidas, prosseguiu, vão reforçar aquilo que é a política da humanização, dinamizar a cultura de segurança e melhoria na qualidade de prestação dos serviços de saúde, colocando a família em primeiro lugar neste processo.

Informou ainda que serão reforçadas as acções de formação envolvendo as famílias dos internados, por forma a dotar-lhes de instrumentos necessários para garantir que o acesso das mesmas às estruturas de saúde seja feito da melhor forma possível.

“Nós queremos trazer a família para o hospital muitas vezes ficam a reclamar do atendimento e nós queremos também que os doentes se sintam em casa. É um trabalho conjunto e o papel do prestador tem a sua importância, mas a família tem uma importância muito grande no processo de tratamento dos seus familiares”, afirmou, apontando a criação e a dinamização da cultura da segurança do doente como aspectos prioritários do HAN.

O anúncio das referidas medidas de aquisição de equipamentos para os serviços da Pediatria e Maternidade enquadra-se também no âmbito do Dia Mundial do Doente, celebrado anualmente a 11 de Fevereiro.

A data foi instituída a 11 de Fevereiro de 1992, pelo Papa João Paulo II. Na carta de instituição do Dia Mundial do Doente, o Papa João Paulo II lembrou que a data representa “um momento forte de oração, de partilha, de oferta do sofrimento pelo bem da Igreja e de apelo dirigido a todos para reconhecerem na face do irmão enfermo a Santa Face de Cristo que, sofrendo, morrendo e ressuscitando, operou a salvação da humanidade”.

CM/DR

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos