Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Halterofilismo: Federação classifica de “assertiva” medida de encerramento das actividades desportivas

Cidade da Praia, 03 Mai (Inforpress)  – A Federação Cabo-verdiana de Halterofilismo considerou hoje “assertiva” a medida do Governo em encerrar todas as instalações desportivas, e consequentemente a proibição da prática de actividades, para “salvar a saúde”.

Numa altura em se verifica um aumento do número de casos da covid-19 no País, à Inforpress, o presidente da Federação Cabo-verdiana de Halterofilismo (FCH), Bino Santos, disse que “o mais importante” doravante, é “salvar a saúde das pessoas e tentar controlar e diminuir ao máximo possível o contágio” pelo vírus da sar-cov2, no País.

“Nos vemos esta medida como uma posição muito bem tomada e assertiva e prometemos retomar as actividades assim que as condições forem aceitáveis, porque a vidas das pessoas estão em primeiro lugar, acima de tudo”, realçou Bino Santos.

Afirmou, entretanto, que a FCH não tinha agendado qualquer prova para os próximos dois meses, pelo que a modalidade não será muito afectada neste ponto, uma vez que com a reabertura das actividades desportivas a federação realizou em Março e Abril os campeonatos regionais e nacionais de Powerlifting’2021 (levantamento/força).

O Governo determinou na sexta-feira, 30 de Abril,  o encerramento de todas as instalações desportivas, proibindo também a prática da actividade, além de limitar o horário de funcionamento dos estabelecimentos comerciais e de zonas balneares, por um período de 30 dias,  na sequência do estado de calamidade em todas as ilhas, excepto a ilha Brava.

SR/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos