Grupo Khym Negoce constrói edifício comercial de 10 andares no antigo Centro Social 1º de Maio na Cidade da Praia

 

Cidade da Praia, 24 Jan. (Inforpress) – A cidade da Praia terá dentro de 23 meses o “Edifício 1º de Maio”, infra-estrutura a ser edificada no antigo Centro Social 1º de Maio, com 10 pisos, um investimento do Grupo Khym Negoce, avaliado em sete milhões de euros.

A obra, referenciada como um imóvel moderno e funcional, concebido para comércio e escritórios, ocupa cerca de 2500 metros quadrados e será contemplada com cave subterrânea, parqueamento automóvel, auditório, esplanada, estando o primeiro piso reservado para a sede social da União Nacional dos Trabalhadores de Cabo Verde, UNTC-CS, e o Instituto de Formação António Aurélio Gonçalves.

A primeira pedra para a construção desta obra, situada nas proximidades da Rotunda da Fazenda, foi lançada esta manhã, em cerimónia presidida pelo autarca da capital, Óscar Santos, para quem se trata de um investimento de vulto na parte central da cidade e que vai mudar muito a zona comercial de Sucupira.

Santos acredita que a obra, cujo inicio da construção está previsto para 01 de Fevereiro, vai vai ter um efeito de arrastamento sobre outras empresas, por ser um projecto estruturado e organizado e que muito irá engrandecer o município, convicto de que esta infra-estrutura irá contribuir para ajudar o país na resolução dos problemas de crescimento e emprego.

Para o presidente da Câmara Municipal da Praia, “é muito bom que a Cidade da Praia consiga receber investimentos do tipo, para poder ser uma cidade organizada, aberta e competitiva”, alegando que neste mundo global existe muita concorrência

O autarca afirma mesmo que a Câmara Municipal fará todo o possível para incentivar outros investimentos do tipo na cidade, tendo ainda apontado vários outros investimentos provenientes de parcerias com este grupo, que passam para a requalificação da Rotunda Ponta d’Agua, Praça do Palmarejo, Sentina Nho Dimingo e Pó de Bandeira.

Já a secretária-geral da UNTC-CS, organização sindical a qual pertencia o terreno e o antigo Centro Social 1º de Maio, totalmente destruído para dar corpo a este novo projecto de Khym Negoce, classifica o momento como um dia muito especial, afirmando mesmo que começa uma nova era para a nova gestão desta estrutura sindical.

Joaquina Almeida acredita que com a “edificação deste monumento”, a UNTC-CS vai ter um primeiro andar, capacitado para albergar a sua sede social e toda a sua estrutura, para além do anfiteatro com capacidade para cerca de 200 pessoas, centro de formação, e esplanada.

Para Almeida, esta é “uma grande parceria, um negócio muito bem feito em que ambas as partes saíram a ganhar”, ressalvando mesmo que o sindicato fica melhor servido com este edifício.

Opinião corroborada pelo presidente do Grupo Khym Negoce, Kamal Hojige, para quem o projecto vai ter um papel importante em ajudar a capital em atrair novos investidores, com o argumento de que a capital cabo-verdiana está na onda do desenvolvimento e que agrada muito ao grupo que representa expandir negócios nesta urbe.

SR/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos