Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Governo vai introduzir no Orçamento de Estado de 2022 o Fundo de Apoio às Vítimas de VBG – ministro

Cidade da Praia, 09 Jul (Inforpress) – O ministro da Família, Inclusão e Desenvolvimento Social anunciou hoje, na Cidade da Praia, que o Governo vai introduzir no Orçamento de Estado, a partir de 2022, o Fundo de Apoio às Vítimas de Violência Baseada no Género.

A garantia foi dada, em declarações à imprensa, à margem de um encontro com as ONG e associações que actuam na área da Igualdade e Equidade de Género, visando a apresentação Pública das Políticas e Medidas do Governo para o sector.

Fernando Elísio Freire esclareceu que este fundo vai ser alimentado, em parte, pelo Ministério da Justiça e através do Orçamento do Estado, que vai ser definido no Conselho de Ministros para determinar o plafond e sua orçamentação.

“É uma decisão política do Governo de, durante o ano 2022, orçamentar o Fundo de Apoio às Vítimas e reforçar os municípios na questão de atendimento”, frisou.

No entanto, avançou ainda que o Executivo vai trabalhar para que haja uma “efectiva” implementação da lei da violência baseada no género e na autonomia económica das mulheres.

Essa autonomia económica, segundo o ministro, vai no sentido de dotar as mulheres de tempo para produzirem” sendo que, para isso, garantiu Fernando Elísio Freire, o Governo irá universalizar o ensino pré-escolar e começar a tratar a sua obrigatoriedade no sistema de ensino”.

“Vamos alargar o plano nacional de cuidados, a rede de creches e introduzir no Orçamento de Estado, a partir de 2022, o Fundo de Apoio às Vítimas e alargar a rede de atendimento, bem como reforçar a autonomia na tomada de decisão das mulheres”, sublinhou.

Neste particular, Fernando Elísio Freire precisou, contudo, que o objectivo é sair do registo da mulher e da Violência Baseada no Género para o foco de empoderamento, da inserção, da escolha livre e da autonomia do corpo e na tomada de decisão.

Em vigor desde Março de 2011, a Lei sobre VBG (Lei 84/VII/11 de 10 de Janeiro) é uma lei especial destinada a prevenir e reprimir a violência baseada no género e tem como objectivo, não somente, a punição dos agressores como meio de combate a essa violência, mas, especialmente, a prevenção dessa violência que ainda assola o país e que é praticada primordialmente pelos homens contra as mulheres.

OM/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos