Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Governo vai aumentar a protecção social dos cabo-verdianos implementando o subsídio de desemprego – Ministra

 

Cidade da Praia, 15 Jun (Inforpress) – A ministra da Justiça e Trabalho, Janine Lélis, anunciou hoje que o Governo tem em agenda um conjunto de desafios a cumprir nesta legislatura, dentre eles, o aumento da protecção social dos cabo-verdianos, implementando o subsídio de desemprego.

Janine Lélis apresentou estas medidas quando discursava na quarta-feira, 14 de Junho, na 106ª Conferência Internacional do Trabalho (CTI), tendo elencado “políticas públicas importantes” para o melhoramento dos sectores do trabalho e do emprego em Cabo Verde.

Para além disso, a governante avançou também que nesta nova legislatura será fixado o rendimento de inclusão, bem como a revisão a lei do “Seguro Obrigatório de Acidentes de Trabalho” para reforçar os níveis de protecção.

Ainda na reunião que aconteceu esta quarta-feira em capital da Suíça, Genebra, esta representante do Governo cabo-verdiano lembrou que o país tem “a sua economia alicerçada no turismo”, sendo neste momento o principal desafio o de fazer com que o turismo funcione como alavanca dos outros sectores, impulsionado a prestação de serviço, o comércio, a indústria, a agricultura, entre outros.

A informalidade numa perspectiva de integração económica dos operadores informais que existem em número expressivo, tendo em consideração “as perdas” para o Estado,  que “não arrecada” e para os próprios operadores que “funcionam sem cobertura” para a protecção na velhice, é outra preocupação do arquipélago levada à esta reunião.

Combater e abolir o trabalho Infantil em Cabo Verde constituem outros desafios deste Governo neste mandato, de acordo com a ministra.

“O Governo de Cabo Verde está ainda empenhado em continuar a envidar os seus esforços para combater e abolir o trabalho infantil, em Cabo Verde”, disse, afiançando que “qualificar as mulheres e homens para o reforço das competências profissionais que serão exigidas às empresas para que possam manter-se competitivas”, serão outras inquietações do ministério tutelado por Janine Lélis.

“Estamos no caminho de fazer de Cabo Verde um país desenvolvido, moderno, inclusivo, democrático e aberto ao mundo”, acrescentou a governante, no seu discurso durante a 106ª Conferência Internacional do Trabalho.

Hoje, 15 de Junho, Janine Lélis vai participar na “Cimeira sobre o Mundo do Trabalho – o Melhor Futuro para a Mulher no Trabalho”, que acontece à margem da CIT, e  que termina esta sexta-feira, 16 de Junho, na capital da Suíça, Genebra.

AF/JMV

Inforpress/Fim

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos