Governo tem em curso uma reavaliação de recursos hídricos a nível nacional com recursos a tecnologias

Cidade da Praia, 13 Nov (Inforpress) – O ministro da Agricultura e Ambiente, Gilberto Silva, informou hoje que o Governo está a levar a cabo uma actividade de reavaliação de recursos hídricos a nível nacional, antes de iniciar com novos trabalhos de perfurações.

O governante respondia assim, às inquietações dos moradores da localidade de João Varela, no município de Ribeira Grande de Santiago, que há dias queixaram-se da falta de água para a agricultura e para a criação de animais.

Segundo o ministro, João Varela é tido como uma zona com muita reserva de água, pois está dentro de uma região que é considerada “generosa” do ponto de vista de reserva de água, mas com as mudanças climáticas que têm ocorrido é necessário fazer uma reavaliação dos recursos hídricos, não só nesta zona como a nível nacional.

Para isso anunciou, o Governo já tem em curso algumas actividades para essa reavaliação apostando em tecnologias.

Segundo disse, hoje em dia já não é necessário chegar e perfurar uma zona sem se ter a certeza de que realmente há água subterrânea ali, mas estão a recorrer a tecnologia que os permite saber onde há manchas de águas subterrâneas, para só depois iniciarem as perfurações com “maior probabilidade de sucesso”.

Uma das tecnologias que vão usar, anunciou são os drones que vão poder sobrevoar essas zonas para recolha de dados que os vai permitir saber se há ou não água, para depois iniciarem um programa de mais prospecções.

Conforme disse, nas últimas prospecções feitas em Cabo Verde, pelo governo anterior, foi feito mais de 90 furos, mas houve uma margem de sucesso inferior a 50 por cento.

É neste sentido, que reafirmou ser necessário fazer todo um trabalho de exploração anterior, com recurso a tecnologias e só depois fazer perfurações, para que não corram o risco de” gastar dinheiro e não ter resultados”.

Enquanto ainda decorre os trabalhos e reavaliação, assegurou que João Varela e algumas zonas vizinhas da cidade da Praia vão ser abastecidas com água de dessalinização e com recurso a furos para a prática de agricultura.

AM/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos