Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Governo resolve pendências a 5.700 professores com um gasto de mais de 800 mil contos/ano – ministro

Porto Novo, 21 Jan (Inforpress) – Cinco mil e setecentos docentes em todo o arquipélago viram, nos últimos anos, resolvidas as suas pendências por parte do Governo, representando um gasto de mais de 800 mil contos anuais, revelou hoje o ministro da Educação.

“O Governo resolveu, até agora, pendências beneficiando 5.700 professores, gastando mais de 800 mil contos por ano, para responder aos impactos financeiros com relação às pendências”, sublinhou Amadeu Cruz, que falava à imprensa, no Porto Novo, no final de uma visita de cinco dias a Santo Antão.

O titular da pasta da Educação, nesta sua primeira visita a Santo Antão, garantiu que o seu ministério vai “continuar a trabalhar no sentido de garantir a resolução das pendências e a estabilização da carreira docente”, lembrando que, semana passada, foi publicada uma portaria através da qual o Governo contemplou 186 professores com subsídios pela não redução da carga horária.

Esta semana foi publicada num nova portaria em que se fez a transição dos professores assistentes para docentes de ensino básico e ensino secundário de nível I, no âmbito da implementação do estatuto da carreira docente, avançou o governante, que anunciou ainda um pacote de investimentos no sector da educação, abrangendo várias ilhas do País.

Na ilha de Santo Antão, o Governo vai continuar a investir na reabilitação das escolas, segundo Amadeu Cruz, anunciando o lançamento, “brevemente”, de um novo liceu na Várzea (Praia) e a reabilitação do Liceu Ludgero Lima (Mindelo).

Ainda em investimentos, Amadeu Cruz destacou o lançamento, na Boa Vista, das obras da escola no bairro de Boa Esperança e a devolução, “brevemente”, da escola central, na ilha do Fogo, à comunidade educativa de São Filipe.

Na Brava, estão previstas as obras de reabilitação da escola de Nossa Senhora do Monte, segundo o ministro da Educação, que assegurou, com relação à ilha de São Nicolau, a conclusão, em breve, das obras de recuperação do liceu Baltazar Lopes da Silva.

“Prevemos, ao longo dos próximos tempos investir entre o novo liceu da Várzea, a nova escola na Boa Vista e a escola em Palmeiras (Sal) acima dos 500 mil contos”, notou Amadeu Cruz, realçando o facto de este montante ter sido já co-financiado pela Embaixada dos Estados Unidos da América em Cabo Verde, cooperação luxemburguesa, Banco Municipal e pelo Governo de Cabo Verde.

JM/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos