Governo reitera esforços para aumentar investimentos em todas as áreas que lidam com juventude

Cidade da Praia, 14 Set (Inforpress) – O ministro da Juventude e Desporto reiterou hoje os esforços do Executivo, que serão traduzidos no orçamento a ser aprovado pelo Conselho de Ministros, ainda este mês, para aumentar os investimentos nas áreas que lidam com a juventude.

Carlos Monteiro fez estas declarações à imprensa à margem do quarto Fórum Regional da Juventude a acontecer nos dias 14, 15 e 16 de Setembro no estádio nacional, na Cidade da Praia.

“Estamos numa nova organização do sector da juventude, fizemos uma abordagem transversal de toda a temática relacionada com a juventude e temos vindo a aumentar sempre o investimento em todas as áreas que lidam com a juventude”, salientou o governante.

O Governo, sustentou, tem vindo a fazer um “forte investimento” em todos os sectores da juventude para poder “estar à altura daquilo que é a ambição” da juventude cabo-verdiana.

“Vamos continuar a acelerar estas medidas e melhorar aquilo que já foi feito e, depois desta crise pandémica, mas ainda dentro desta crise inflacionária e financeira que estamos a viver, vamos continuar a fazer esforços que vão estar traduzidos no orçamento que o Conselho de Ministros irá aprovar ainda este mês”, concretizou Carlos Monteiro.

Por outro lado, o ministro da Juventude e Desporto assegurou que o Governo, desde o mandato passado, tem vindo a trabalhar para colocar Cabo Verde, a nível da Educação, nos patamares dos países desenvolvidos.

“Nós vivemos num mundo globalizado, altamente competitivo, temos um continente cada vez mais competitivo, cheio de oportunidades e os jovens querem ter ferramentas necessárias para aproveitar as oportunidades, quer em Cabo Verde quer no continente africano e em qualquer parte do mundo, e é isso que a nossa Educação tem de conseguir dar aos jovens de Cabo Verde: ferramentas à medida dos seus sonhos e das suas necessidades”, reforçou.

O fórum da juventude, que foi iniciado em 2019 em São Vicente, é, conforme o governante, fruto das reivindicações ou do subsídio que os jovens deram para poderem debater, dar a sua voz e mostrar como podem contribuir para a melhoria de políticas públicas e estão a responder de forma “muito positiva e engajada”.

Ivanildo Mendes em representação aos jovens no Fórum, disse que os jovens cabo-verdianos têm ideias inovadoras que vão ao encontro daquilo que é a dificuldade do País e que há vantagens para os jovens aproveitarem e poderem colocar em prática as suas ideias.

Segundo o mesmo, o Governo tem estado a “fazer a sua parte”, pelo que cabe aos jovens serem “mais proactivos, correrem atrás” e darem respostas concretas para o País, sublinhando que o desemprego e acesso ao microcrédito têm sido as principais preocupações dos jovens.

TC/HF

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos