Governo quer transformar a ilha do Sal numa referência mundial de atracção de grandes eventos desportivos

 

Espargos, 08 Abr. (Inforpress) – O ministro do Desporto, Fernando Elísio, manifestou hoje no Sal que o Governo quer transformar a ilha numa referência mundial de atracção de grandes eventos desportivos, principalmente a nível dos desportos náuticos.

“Estamos a trabalhar nesse sentido. Vamos criar todas as condições institucionais e legais para que os eventos desportivos tenham epicentro aqui na ilha do Sal”, assegurou Fernando Elísio, avançando que o Governo está a labutar para trazer para Cabo Verde uma etapa do circuito mundial de Kite Surf e também os jogos africanos de praia.

Fernando Elísio, que é também ministro dos Assuntos Parlamentares e da Presidência do Conselho de Ministros, fez essas considerações no encontro com dirigentes e agentes desportivos da ilha, realizado esta tarde no Salão Nobre dos Paços do Concelho, não só para auscultar as preocupações e anseios da classe, mas também para inteirá-los da política do seu ministério para o sector.

Perante a ambição de ver a ilha do Sal afirmar-se como uma referência de atracção de grandes eventos desportivos a nível mundial, o titular da pasta do Desporto defendeu a necessidade de o Governo investir nas infra-estruturas adequadas e nos recursos, para que a afirmação de Cabo Verde a esse nível, no mundo, seja uma realidade.

Depois do encontro com os dirigentes desportivos onde teve a oportunidade de apresentar as políticas do Governo para o sector, concretamente no que diz respeito ao Sal, Fernando Elísio disse que em relação ao desporto na ilha turística é preciso, “de imediato”, dar conteúdo e ter uma programação desportiva ao longo do ano, voltada para as comunidades e para as várias realidades da ilha.

“Se por um lado é preciso ter programas específicos para as pessoas idosas, para as mulheres (…) levar com que haja uma utilização efectiva da rede de placas desportivas que existe na ilha através do programa nacional de actividade física, por outro lado, queremos trabalhar no sentido de afirmar Sal como referência mundial em termos de atracção dos grandes eventos dos desportos náuticos”, almejou, admitindo que para isso o país vai ter de “trabalhar muito”.

O governante participa ao mesmo tempo e com alguma satisfação que neste momento o Governo está  a trabalhar no sentido de tentar trazer para Cabo Verde uma etapa do circuito mundial de Kite Surf, em Janeiro de 2018.

“Queremos trazer para o Sal os jogos africanos de praia que poderão deixar um legado de infra-estruturas desportivas que depois servirão como factor de competitividade da ilha e de Cabo Verde, na atracção de grandes investimentos e de grandes eventos desportivos”, manifestou, clarificando que se trata de um trabalho que deve ser feito de forma “consistente” e com “muita” persistência.

“Estamos neste caminho e vamos conseguir se todos se envolverem. Com o compromisso assumido por todos vamos com certeza fazer da ilha do Sal uma referência mundial em termos de desportos náuticos e um factor de atracção de cada vez mais investimentos externos para o nosso país e de grandes eventos desportivos para Cabo Verde”, insistiu para finalizar.

SC/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos