Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Governo quer sensibilizar pessoas sobre a importância da redução do lixo através da arte e reciclagem

Cidade da Praia, 04 Mai (Inforpress) – O Ministério da Economia Marítima promoveu hoje um workshop “Reciclagem e arte – soluções sustentáveis na transformação do lixo” para sensibilizar as pessoas sobre a necessidade de mudança de comportamentos e importância da redução do lixo através da arte.

Segundo o responsável do referido workshop Malik Lopes, que falava em declarações à Inforpress, à margem do encontro, a preservação ambiental é “uma das principais prioridades” do Governo, que, através do Ministério da Economia Marítima, tem conseguido implementar medidas visando combater a poluição ambiental e marinha no país.

No seu entender, há necessidade de uma “maior consciencialização” sobre a problemática da poluição ambiental, considerando, neste sentido, que a arte pode ser um veículo de comunicação, isto por entender que esta ferramenta possui “um importante papel” na diminuição do lixo e da extracção de recursos.

Entretanto, frisou que este processo “sozinho não resolverá os problemas” da sociedade e os impactos gerados sobre o meio ambiente, defendendo que tem que haver um “maior envolvimento” da sociedade civil para fazer face a esse fenómeno.

“A preservação ambiental é uma das principais prioridades do Governo e através do ministério da economia marítima consegue implementar as suas estratégias para o combate a poluição ambiental e marinha estamos muitos esperançosos porque todos vão engajar nesta luta que começa primeiramente nas nossas casas”, realçou, afirmando que o ministério quer que esse workshop sirva de oportunidade para troca de experiencias entre os artistas.

No entanto, informou que  há sinais por parte dos cabo-verdianos que estes estão interessados em dar o seu contributo para que o combate contra a poluição ambiental e marinha seja eficaz, para a construção de uma sociedade “cada vez mais saudável e limpa”.

“A preocupação ambiental começa a aumentar e queremos que todos se engajam nessa luta, há sinais por parte dos cabo-verdianos sobre a importância da preservação do meio ambiental, há movimentos autónomos e é preciso trazer essa sinergia para aumentar a eficiência e eficácia das medidas que estamos a tomar”, apontou.

Disse, por outro lado, que para fazer face à poluição ambiental e marinha, o ministério tem realizado acções envolvendo vários actores da sociedade civil cabo-verdiana e internacional, salientando que esses eventos têm permitido que haja “uma maior partilha e sugestões” para que a presença do lixo no meio ambiente e marinho seja “efectivamente reduzida”.

CM/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos