Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Governo quer CENORF “referência” no tratamento e acolhimento de pessoas com deficiência

Cidade da Praia, 29 Dez (Inforpress) – O ministro da Família e Inclusão Social, Fernando Elísio Freire, garantiu hoje, na Cidade da Praia, que o Governo pretende transformar o CENORF num espaço referencial em tratamento e acolhimentos de pessoas com deficiência.

A garantia foi dada em declarações à imprensa após uma visita do governante às obras de remodelações do Centro Nacional Ortopédico e de Reabilitação Física de Cabo Verde (CENORF), que vão permitir a instalação de acessibilidades para as pessoas com deficiência e/ou mobilidade reduzida.

Segundo a mesma fonte, este investimento vai no sentido de transformar o centro num espaço referencial em tratamento de pessoas com deficiência, a nível de aquisição de aparelhos, através de reforço de parceria com a Associação de Deficientes de Cabo Verde (Adevic).

Fernando Elísio Feire apontou ainda a necessidade de alargar os serviços do CENORF para outras ilhas e garantiu que o Governo está disponível em apoiar nessa pretensão, de modo a permitir com que os deficientes cabo-verdianos sejam “um cidadão de corpo inteiro” e que tenham “igualdade de oportunidades”.

“O Estado de Cabo Verde já colocou a questão de deficiência em cima da mesa depois de no ano passado ter permitido acesso a todos os deficientes ao sistema de ensino e permitir rendimento aos seus pais”, apontou

Por isso, sublinhou que visitar o CENORF é uma “demonstração clara” do desempenho do Executivo em permitir que pessoas com deficiência tenham igualdade de oportunidades, através de aparelhos de prótese.

Em entrevista concedida esta segunda-feira, 28, à Inforpress, o responsável do CENORF, Alberto Afonso, apontou a expansão dos serviços para outras ilhas como um dos objectivos da instituição para o próximo ano.

O Governo, através do Ministério da Família e Inclusão Social, assinou com o Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança de Portugal, em Novembro, um protocolo de cooperação para o financiamento das obras de reabilitação do centro no montante de 5.451.334$00.

As obras de reabilitação vão permitir a instalação de acessibilidades para as pessoas com deficiência e/ou mobilidade reduzida na sede do CENORF.

O CENORF está há 15 anos a prestar serviços especializados em matéria de ortopedia e reabilitação, direccionados para pessoas com deficiência de predomínio físico, motores ou multideficiência congénita e adquirida, provenientes de todas as ilhas do arquipélago.

OM/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos