Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Governo prepara núcleo para produção de estatísticas administrativas da justiça

 

Cidade da Praia, 05 Jun (Inforpress) – O Ministério da Justiça e Trabalho, através da Direcção-Geral da Política de Justiça, está a preparar um núcleo para a recolha e tratamento de dados estatísticos da Justiça que depois servirão de base para a tomada de decisão.

É com este propósito que realiza de hoje até sexta-feira, na Cidade da Praia, uma acção de formação em matéria de recolha e tratamento de dados estatísticos destinada a preparação dos técnicos que integrarão esse núcleo.

Segundo o director-geral da Política de Justiça, Benvindo Oliveira, este núcleo reveste-se de capital importância uma vez que vai permitir que, internamente, o Ministério da Justiça e Trabalho tenha estatísticas administrativas que são importantes para a tomada das decisões.

“Os decisores políticos para decidirem têm de conhecer a realidade e a estatística é um instrumento extremamente importante porque permite conhecer os dados a cada momento e depois decidir a tempo e horas sobre os aspectos importantes da nossa vida” disse.

“Não é possível decidir sobre um determinado sector se não temos informações científicas sobre o sector. Com a criação desse núcleo vamos ter os nossos dados internos sobre as cadeias, o trabalho, os acidentes de trabalho etc”, acrescentou Benvindo Oliveira.

Além dos técnicos da Direcção-Geral da Política de Justiça participam da formação técnicos da Polícia Judiciária, dos Serviços Prisionais e da Reinserção Social, da Direcção e Inspeção-Geral do Trabalho e ainda representantes do Conselho Superior de Magistratura Judicial e do Ministério Público.

Na realização dessa acção de formação a Direcção-Geral da Politica de Justiça conta com o apoio da sua congénere portuguesa, uma parceira que surge no âmbito de um protocolo entre o Camões – Instituto da Cooperação e da Língua.

MJB/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos