Governo investiu já quatro milhões de contos em projectos no âmbito do Fundo do Turismo

Porto Novo, 28 Nov (Inforpress) – O Governo, através do Fundo do Turismo, investiu, nos últimos anos, cerca de quatro milhões de contos em todos as ilhas do arquipélago, com vista a “preparar e diversificar o produto turístico” em Cabo Verde.

A informação foi avançada, esta sexta-feira, pelo ministro do Turismo e Transportes, Carlos Santos, que falava num encontro com os operadores turísticos no Porto Novo, em Santo Antão.

O ministro, que está de visita à esta ilha, explicou que todo esse investimento, feita “de Santo Antão à Brava” a nível de requalificação das cidades, de beneficiação de caminhos vicinais, de construção de miradouros, em formação profissional e na saúde, teve como propósito “preparar e diversificar” o turismo nacional.

Além do turismo de sol e praia, o Governo tem feito, também, a aposta no turismo rural e de natureza e os investimentos realizados no quadro do Fundo do Turismo fizeram com que o turismo, até 2019, crescesse com “maior velocidade” em ilhas como Santo Antão, Santiago e Fogo, avançou.

Contudo, a pandemia do novo coronavírus veio “deferir um grande golpe” ao turismo nacional, mas, no entender do ministro, os operadores “devem ter a esperança em dias melhores”, antevendo, já no arranque de 2021, a retoma gradual do turismo em Cabo Verde.

Aliás, o governante disse acreditar que, já a partir de Dezembro, algumas companhias europeias já vão começar a transportar turistas para Cabo Verde.

JM/DR

Inforpress/Fim

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos