Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Governo garante que reforma no sector marítimo e portuário vai continuar em Cabo Verde

 

Cidade da Praia, 19 Jan (Inforpress) – O secretário de Estado Adjunto para a Economia Marítima, Paulo Veiga, disse hoje na Cidade da Praia que a reforma no sector marítimo e portuário vai continuar em Cabo Verde.

O governante que falava no final da visita que efectuou esta sexta-feira ao porto da Praia e à delegação da Agência Marítima e Portuária (AMP), avançou que a reforma “é para continuar e as concessões de portos são para ser feitas”.

Segundo Paulo Veiga, a visita que efectuou às referidas instalações visa avaliar todo o processo da reforma do sector portuário e marítimo, iniciado há cerca de quatro anos, e ver se o que foi feito está a resultar “ou se há necessidade de ajustes e alterações para que as coisas funcionem bem nesta área”.

A reforma do sector portuário e marítimo começou com a criação da AMP e a unificação de vários outros sectores, disse Paulo Veiga, sublinhando ainda que o plano para concessões de portos do país é “um processo que tem de ser mais aprofundado” para que se possa avançar nesta matéria.

“Queremos um sector marítimo e portuário capaz de fiscalizar, controlar e a regular. Queremos um sector marítimo forte” em Cabo Verde, enfatizou o governante em declarações à Inforpress.

Durante a visita, o secretário de Estado foi informado sobre a implementação e o funcionamento do Sistema de Gestão do Tráfego Marítimo em Cabo Verde, coordenado pela Agência Marítima e Portuária.

A instalação deste sistema visa melhorar a gestão do tráfego e a segurança marítima, bem como a fiscalização e o controlo do mar do arquipélago.

JL/FP

Inforpress/Fim

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos