Governo garante 20% do programa Fundo+ na promoção de jardins infantis, creches e centro de dia

Cidade da Praia, 07 Dez (Inforpress) – O ministro da Família, Inclusão e Desenvolvimento Social, Fernando Elísio Freire, garantiu hoje que 20% do programa do Fundo+ vai ser utilizado na promoção de jardins infantis, creches e centros de dia.

Em declarações à imprensa, no final da visita efectuada aos três jardins infantis na Cidade da Praia, subvencionados pelo Governo, com objetivo de verificar in loco as condições de funcionamento dos respetivos jardins, o governante admitiu que o trabalho em curso e o apoio que o Governo tem dado ao pré-escolar estão num “bom caminho”.

Fernando Elísio Freire realçou que no âmbito do Fundo+, um programa que permite a erradicação da pobreza extrema em Cabo Verde, desenvolvendo todos os instrumentos possíveis, vai permitir que “todas as crianças” no País estejam nos jardins infantis, nas creches e no centro do dia.

“Vamos aumentar a subsidiação para permitir o maior acesso ao pré-escolar e 20% do programa Fundo+ vai ser utilizado na promoção de jardins infantis, creches, centros de dia, de centros com horários ao contrário dos das escolas”, salientou.

O governante enfatizou ainda que no âmbito da sua visita a esses três jardins, nomeadamente Jardins das Irmãs Congregadoras, Jardim Morabi e o Jardim Pepe, constatou um conjunto de melhorias, reconhecendo que as estratégias que o Governo tem traçado para essa área “está correcta”.

“O nosso objectivo é verificar como o processo do pré-escolar está em andamento e o nosso maior foco, neste momento, é que todas as crianças de 0 a 05 anos estejam numa estrutura de pré-escolar, sendo no jardim ou na creche”, sublinhou.

Para além disso, o ministro da Inclusão e Desenvolvimento Social avançou à imprensa que a partir do próximo ano o Governo vai abrir um edital de concurso para que as associações e ONG que se dedicam à questão do pré-escolar concorrem, com o propósito de aumentar a oferta do pré-escolar.

O ministro adiantou também que a maioria das carências nesta área, actualmente, incide nas ilhas do Sal, Boa Vista e nas cidades da Praia e do Mindelo.

A subvenção aos centros de cuidados visa garantir o alargamento do acesso aos serviços de cuidados, assim como o reforço da inclusão social e promoção do desenvolvimento de intervenções no setor de cuidados, destinadas às crianças, idosos e pessoas com deficiência.

DG/AA

Inforpress/Fim

 

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos