Governo está satisfeito com os resultados da empregabilidade jovem e formação profissional – PM

Cidade da Praia, 05 Jan (Inforpress) – O primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, disse hoje, na Cidade da Praia, que o Governo está “satisfeito” com os resultados da empregabilidade jovem e da formação profissional.

Em declarações à imprensa, antes de uma Conversa Aberta com os jovens formandos e empreendedores do Centro de Energias Renováveis e Manutenção Industrial (CERMI), Ulisses Correia e Silva lembrou que a taxa de empregabilidade chega a atingir os 84 por cento (%), de acordo com os níveis de formação.

O Chefe do Governo apontou que este resultado se deve ao aumento, “de forma significativa”, das acções subsidiadas, da demanda de formação e de uma boa resposta no acesso ao mercado de trabalho “a nível da formação profissional, dos estágios profissionais e de jovens empreendedores”.

De acordo com o chefe do Executivo, os jovens cabo-verdianos estão a ser formados também para trabalharem fora do país, apontando que há jovens cabo-verdianos que tem participado em conferências de alto nível nomeadamente Web Summit e outros encontros internacionais no domínio das tecnologias de informação e comunicação.

Por sua vez, o Presidente de Conselho de Administração do CERMI, Luís Teixeira, considerou que esta iniciativa do primeiro-ministro demonstra que o Governo está a valorizar o sector da formação profissional e empreendedorismo

Luís Teixeira enalteceu este facto apontando que o Governo tem privilegiado a formação profissional com a adopção de medidas de promoção do emprego e de regulação do mercado de trabalho.

Durante o encontro a Pró Empresa, o IEFP, a Escola Hotelaria e Turismo, o CERMI e o FPEF apresentaram os resultados das formações e estágios profissionais e o músico Djodje, como convidado especial, falou do seu percurso como cantor e empreendedor musical.

Este é o terceiro encontro do primeiro-ministro com os jovens, depois de São Domingos e Tarrafal, com o objectivo de apresentar os resultados e oportunidades de financiamento dentro do ecossistema financeiro cabo-verdiano.

OM/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos