Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Governo e MpD congratulam-se com criação de CPI sobre obras mal feitas e PAICV remete-se ao silêncio (c/áudio)

Cidade da Praia, 10 Abr (Inforpress) – O Governo e a bancada que o suporta no Parlamento congratularam-se hoje com a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) sobre algumas infra-estruturas pelo Governo anterior, enquanto o PAICV (oposição) remete-se ao silêncio.

Para a ministra das Infraestruturas, Ordenamento do Território e Habitação, Eunice Silva, a criação da referida CPI vai “clarificar” algumas situações existentes e, segundo ela, é “sempre bom tirar a limpo” o que “lesa o Estado”.

Para a governante, que esteve no centro do debate agendado a pedido do grupo parlamentar do Partido Africano da Independência de Cabo Verde, foi uma “oportunidade” para o Governo explicar sobre o que está a fazer e, de certa forma, prossegue, dizer o que o executivo encontrou e a “dinâmica que se está a introduzir no sector das infra-estruturas, ordenamento do território e habitação”.

“Estamos a sair daqui bastante satisfeitos porque demonstrámos claramente que os percursos que estamos a fazer é o melhor”, enfatizou Eunice Silva.

Por sua vez, o grupo parlamentar do Movimento para a Democracia (MpD-poder), na voz do deputado Alcides de Pina, afirmou que durante o debate “ficou claro que o PAICV falhou em matéria de infra-estruturação do país”.

“Em relação às barragens, ficou claro que das sete construídas, quase metade delas não funcionou”, afirmou Alcides de Pina, acrescentando que se registaram “problemas técnicos graves por falta de estudos” e, em alguns casos, “estudos mal feitos”.

Segundo o deputado “ventoinha”, a população cabo-verdiana merece ser “esclarecida” sobre as obras mal feitas na governação do PAICV e, por essa razão, o seu grupo parlamentar vai avançar com uma CPI, para averiguar “as barragens mais problemáticas, nomeadamente a de Salineiro (Ribeira Grande de Santiago), Banca Furada (S. Nicolau) e Canto Cagarra (Santo Antão).

Entretanto, os jornalistas da Inforpress e da RTP-Africa tentaram ouvir os deputados do PAICV sobre o que pensam em relação à criação da citada CPI, mas tal não foi possível, porque vão reagir numa outra oportunidade.

LC/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos