Governo do Sudão do Sul lança mais uma ofensiva, milhares em fuga – ONU

Nações Unidas, Nova Iorque, 27 Abr (Inforpress) – As Forças Armadas do governo do Sudão do Sul lançaram na quarta-feira uma nova ofensiva no norte deste país africano devastado por uma guerra civil desde o final de 2013, denunciou a Organização das Nações Unidas.

Uma nova deslocação de civis é uma das consequências imediatas desta ofensiva, que ameaça cerca de 50 mil pessoas na cidade de Kodok, no Estado do alto Nilo, especificou o enviado da ONU para este país, David Shearer.

“Nas últimas semanas, o conflito agravou-se em vez de se apaziguar”, disse à imprensa este diplomata, que também dirige a missão da ONU em Juba, a capital do país.

Afirmou que “está em curso em operação (das forças governamentais) na margem ocidental do Nilo (…) para a cidade de Kodok”.

Segundo as informações que disse possuir, Shearer adiantou que havia civis em fuga, “possivelmente para a fronteira do Sudão”, país cuja divisão em 2011 deu origem ao Sudão do Sul.

Dois anos e meio depois da independência, este país caiu em Dezembro de 2013 na guerra civil, que já provocou dezenas de milhares de mortos. Por outro lado, mais de 1,9 milhões de pessoas estão deslocados dentro do país e 1,7 milhões refugiaram-se nos países vizinhos.

Lusa/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos