Governo diz que Santo Antão “está praticamente coberta” com energia eléctrica “de qualidade”

Porto Novo, 02 Dez (Inforpress) – Santo Antão é já uma ilha “praticamente coberta com energia eléctrica de qualidade”, graças aos investimentos que têm vindo a ser realizados no sector, sobretudo no quadro do programa “seis ilhas”, conforme o Governo.

O ministro da Energia, Alexandre Monteiro, esteve nos últimos dias de visita a Santo Antão e pôde constatar os investimentos realizados no sector energético, designadamente na extensão da rede eléctrica nos três municípios, que permitiram levar a energia de qualidade “a quase todas as localidades”.

O ministro, referindo-se aos investimentos concretizados na ilha, informou que Santo Antão tem já uma cobertura “praticamente de 100 por cento (%)” da luz eléctrica, faltando apenas electrificar alguns pequenos povoados que estão distantes da rede pública, mas que, já nos primeiros meses de 2021, estarão abrangidos.

São os casos de Espadaná, Matinho, Moroços, no Planalto Leste, e João Bento, no interior do município do Porto Novo, cujos projectos constam do plano de investimentos da Empresa de Electricidade e Água (Electra) para o próximo ano.

Santo Antão tem estado, nos últimos anos, a beneficiar  do programa “seis ilhas”, financiado pelo Japão, Banco Africano para o Desenvolvimento (BAD) e pelo Governo de Cabo  Verde, no âmbito do qual foram instaladas perto de uma centena de quilómetros de rede de média e baixa tensão.

A nível das energias renováveis, Santo Antão tem estado igualmente a receber vários projectos, sobretudo nos concelhos do Porto Novo e Ribeira Grande.

Até 2030, os investimentos previstos pelo Governo para esta ilha nas energias renováveis ultrapassam um milhão de contos.

JM/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos