Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Governo cria Chave Móvel Digital como alternativa ao relacionamento do cidadão com o Estado

Cidade da Praia, 05 Jun (Inforpress) – O Governo aprovou o projecto de proposta de decreto legislativo que aprova um conjunto de medidas de simplificação e modernização administrativa e cria Chave Móvel Digital de Cabo Verde como alternativa de relacionamento entre cidadão e o Estado.

Em conferência de imprensa, hoje, na Cidade da Praia, para fazer o balanço da reunião do Conselho de Ministros desta quinta-feira, 04, o porta-voz Fernando Elísio Freire disse que o projecto de proposta de decreto legislativo aprova um conjunto de medidas de simplificação e modernização administrativa, nomeadamente quanto aos procedimentos administrativos necessários à interacção pela via digital, dos cidadãos com os serviços públicos e à prestação de serviços on-line por parte da Administração Pública

Segundo ele, o projecto de proposta de decreto legislativo cria também a Chave Móvel Digital de Cabo Verde, como mecanismo alternativo e voluntário de autenticação dos cidadãos nos portais e sítios da internet da Administração Pública e como meio de assinatura electrónica qualificada.

“O cidadão pode agora ficar autenticado para relacionar-se com a Administração Pública directa e indirecta, autarquias e todas as estruturas de segurança, mais a Presidência da República e Assembleia Nacional, por via digital, através de uma chave móvel que lhe é concedido e que está ligado ao seu passaporte ou ao ser cartão de identificação nacional”, explicou, indicando que para os que não são cidadãos cabo-verdianos, mas que vivem em Cabo Verde, a chave estará ligada ao cartão de residência

O ministro da Presidência do Conselho de Ministros, Fernando Elísio Freire, lembrou que pôr Cabo Verde ser um País arquipelágico e com uma “enorme diáspora” precisa de ter todos os instrumentos para uma relação de proximidade entre a Administração Pública, os cidadãos e as empresas.

“Esta pandemia veio mostrar a necessidade de ter este tipo de instrumento”, frisou, indicando que a Chave Móvel Digital de Cabo Verde será facultada a todos os cidadãos maiores de 16 anos, exemplificando que se um cidadão quer um requerimento ou ter acesso a qualquer documentação oficial, pode pedir via digital e esse documento chegará ao cidadão pela mesma via.

Desta forma, vai evitar, conforme Fernando Elísio Freire, a multiplicação dos espaços físicos, diminuindo a distância entre o cidadão e a Administração Pública, mas também permitir que todos os cabo-verdianos possam ter acesso à Administração pública, independentemente de onde vive, ou seja, dentro ou fora de Cabo Verde.

DR/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos